Total de visualizações de página

terça-feira, 28 de julho de 2015

"Não somos prisioneiros do passado. Podemos começar onde estamos. 
Somos suficientes.
Não há 'outros' para culpar - cada um de nós é o outro. Descobrimos, usualmente, se examinamos o comportamento com cuidado, que a impotência emocional, a apatia e a falta de compreensão e resistência à mudança que vemos nos outros são, realmente, nossas. Somos eles. Criamos nossa própria armadilha e somos cegos para o fato de que nós mesmos a fizemos.
[...] Somente nós podemos aceitar-nos e recomeçar. Somente nós podemos decidir que desejamos viver em humanidade plena."

-  Leo Buscaglia em "Assumindo sua personalidade" (p. 30-31) 


Nenhum comentário:

Postar um comentário