Total de visualizações de página

sábado, 30 de novembro de 2013

"Troque o medo de errar pela vontade de acertar. Aprenda a desistir quando for preciso. Foque o que é, e não o que poderia ter sido. Coloque a vida à frente do orgulho. Seus desejos à frente do que os outros desejam para você. E, acima de tudo, respeite o hoje — ele é mais velho que o amanhã. Cuidado com a armadilha de preferir sempre as outras opções: o antigamente, que ninguém nunca mais conseguiu fazer igual; a melhor parte, que está sempre por vir. Aprenda com o passado, use o futuro como estímulo, mas viva um dia de cada vez. Disso, esteja seguro: não há opção mais sábia."

- Cris Guerra


sexta-feira, 29 de novembro de 2013

"Chega uma hora, em que você entende que o que as pessoas falam, é só o que elas falam. E não o que você é.
Não atinge, não incomoda, não ofende.
Porque você só se culpa, se sua consciência permitir.
E se ela está tranquila, qualquer tipo de ataque alheio, é o mesmo que nada.
Aí você aprende que cada um oferece o que tem.
E você pára de revidar, de se preocupar, de se abalar com julgamento de quem vive de mal com a vida.
Você percebe que atrai o que transmite, e passa a usar seu tempo só com quem te faz bem. E aí, fica em paz.
Porque a gente ganha uma briga, quando 'foge' dela."

"Dar ouvidos para a maldade, é prolongar o mal."

- Karla Tabalipa


quinta-feira, 28 de novembro de 2013


"Mesmo estando na estrada certa, você será atropelado se ficar apenas sentado nela..."

- Will Rogers




"Que o mar esteja sempre azul, que o céu seja farto de estrelas, que o vinho nunca seja proibido, que o amor seja respeitado em todas as suas formas, que nossos sentimentos não sejam em vão, que saibamos apreciar o belo, que percebamos o ridículo das ideias estanques e inflexíveis, que leiamos muitos livros, que escutemos muita música, que amemos de corpo e alma, que sejamos mais práticos do que teóricos, mais fáceis do que difíceis, mais saudáveis do que neurastênicos, e que não tenhamos tanto medo da palavra felicidade, que designa apenas o conforto de estar onde se está, de ser o que se é e de não ter medo, já que o medo infecciona a mente. 

Que nosso Deus, seja qual for, não nos condene, não nos exija penitências, seja um amigo para todas as horas, sem subtrair nossa inteligência, prazer e entrega às emoções que nos fazem sentir plenos. A vida é um presente, e desfrutá-la com leveza, inteligência e tolerância é a melhor forma de agradecer – aliás, a única."

- Martha Medeiros



quarta-feira, 27 de novembro de 2013

"A vida é uma mesa posta, com venenos mortais, pratos insossos e outros deliciosos. Alguns conscientemente escolhem veneno, achando que viver é sofrer, e ponto final. Outros comem - e vivem - sem sal.
Mas há os que, quando podem, pegam as delícias da vida e assim se salvam da areia movediça da depressão."

- Lya Luft em Pensar é Transgredir




terça-feira, 26 de novembro de 2013

"A vida é como uma escada. Os degraus de baixo não foram feitos para você ficar parado, mas sim para alcançar os mais altos."

- Thomas Huxley



“Afinal, a felicidade e o amor se parecem. Não se tenta ser feliz, não se decide amar.
 É-se feliz, ama-se.” 

- Mia Couto - A confissão da leoa




segunda-feira, 25 de novembro de 2013


"E assim seguimos nossas vidas... um dia com a certeza do dever cumprido, outro na certeza de podermos ser melhores a cada dia. Hoje é e será sempre o nosso bem mais precioso. Pois é nele que está guardada a chave para os dias melhores. E de uma coisa estou certa: quanto mais clareamos o caminho das pessoas a nossa volta, tão mais claro e leve se torna o nosso próprio caminhar..."

- Virgínia Mello


domingo, 24 de novembro de 2013

"Se eu posso te dar um conselho, eis aqui: Não mendigue atenção de quem quer que seja. Não se esforce para compartilhar minutos com quem está mais interessado em coisas que não te incluem. Não prolongue a conversa apenas para ter o outro por perto, quando você perceber que precisa se esforçar bastante para que o monólogo vire um diálogo. Esqueça. Prefira a sua solidão genuína à pseudo presença de qualquer pessoa. Ainda digo mais: Perceba que existem pessoas que curtem dividir a atenção contigo sem que você precise desprender esforço algum. Aproveite o que te dão de livre e espontânea vontade. Dispense o que te dão por força do hábito ou por conveniência. Esqueça o que não querem te dar. Cada um dá o que pode".

- Mario Calfat Neto


“Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade.” 

- Miguel Torga



sábado, 23 de novembro de 2013

“A vida é um processo fluente e em alguns lugares do caminho coisas desagradáveis ocorrerão. Podem deixar cicatrizes, mas a vida continua a fluir. É como a água fluente, que ao estagnar-se, torna-se podre; não pare! Continue bravamente, porque cada experiência nos ensina uma lição.” 


- Bruce Lee


sexta-feira, 22 de novembro de 2013

“Ninguém determina do princípio ao fim o caminho que pretende seguir na vida; só nos decidimos por trechos, na medida em que vamos avançando.” 

―Montaigne




quinta-feira, 21 de novembro de 2013


"Imaginar a própria vida como um quebra-cabeças em que as peças faltantes limitam ou ou impedem o significado de todas as outras é submeter à existência àquilo que está fora dela; é reduzir a felicidade ao complemento de outros encaixes, quase nunca viáveis ou possíveis. Viver esperando que algo ou alguém venha nos completar e milagrosamente sanar os vazios que nos preenchem é autorizar que a falta seja aquilo que nos define mais. Estacionar diante de um quebra-cabeças com peças faltantes e insistir que precisa do quadro pronto pra ser feliz é desconstruir a possibilidade de seguir adiante. De vez em quando um "Deixa pra lá" faz milagres e nos liberta a prosseguir tentando um arranjo novo, nem sempre perfeito, mas invariavelmente possível.

[...]

Se - ao invés do quebra-cabeças - desejarmos prosseguir como peças de lego, uma infinidade de possibilidades se descortina. Pois mesmo que faltem algumas pecinhas, é possível continuar tentando e encontrando novas combinações, roteiros e direções. Um carro pode se transformar num novo prédio, navio ou caminhão. E é essa capacidade de se construir e desconstruir, de se desmanchar e se recriar de uma forma completamente nova que faz do Lego - e de nossas vidas - o melhor brinquedo que existe".

- Fabíola Símões



quarta-feira, 20 de novembro de 2013

"Normalidade como liberdade: alguns autores de orientação fenomenológica e 
existencial propõem conceituar a doença mental como perda da liberdade existencial (Henri Ey, por exemplo). A saúde mental estaria vinculada às possibilidades de transitar, com graus distintos de liberdade, sobre o mundo e sobre o próprio destino. A doença mental é constrangimento do ser, é fechamento, fossilização das possibilidades existenciais. O psiquiatra Cyro Martins, do Rio Grande do Sul, afirma que, dentro desse ponto de vista, a saúde mental poderia ser vista como a 
possibilidade de dispor de “senso da realidade, senso de humor e de um sentido poético perante a vida”, atributos esses que permitiriam ao indivíduo relativizar os sofrimentos e limitações inerentes à própria condição humana e, assim, desfrutar do resquício de liberdade e prazer que a existência nos oferece."


http://www.macjorge.pro.br/pdfs/aulas/psicopatologia_geral/Conceito_de_normalidade_em_psicopatologia.pdf


 "Eu já mudei muito. Eu já mudei enquanto nem mesmo percebia pela ação silenciosa de acontecimentos. Eu já mudei coisas que eu nem acreditava ser capaz. Eu mudo todo dia como toda gente. E também aquilo que, embora eu queira tanto, eu tente tanto, ainda não consigo mudar me faz mais empática e generosa; mais confiante de que somos capazes das mudanças que podem nos tornar melhores, primeiro para nós mesmos, se não desistirmos de nós mesmos. Mas, no nosso tempo. Com todo respeito e gentileza possíveis. Com gratidão àquilo que já conquistamos. Passo a passo daqueles que de verdade já conseguimos dar".


- Ana Jácomo


terça-feira, 19 de novembro de 2013

"O sertão é dentro da gente. E esse sertão não é feito apenas de aridez e provocação, mas também de veredas, de estações de alívio e beleza em meio à solidão."

- João Guimarães Rosa


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

"Não podendo ser pássaros, as árvores dão flores. Flores são os pássaros das árvores. Flores são vôos que não conseguiram voar e se cristalizaram em beleza e perfume. Quem dá uma flor a alguém está lhe dando um desejo de voar".

— Rubem Alves


domingo, 17 de novembro de 2013

“ Quando não há mais nada que possamos fazer para tentar modificar algumas circunstâncias, o que existe de mais confortável no mundo é a liberdade da entrega e a coragem da aceitação de que as coisas possam ser simplesmente como são.

- Ana Jácomo


sábado, 16 de novembro de 2013

"Ninguém envelhece apenas por viver um certo número de anos. 
As pessoas envelhecem por abandonarem seus ideais. 
Os anos fazem rugas na pele. Desistir do entusiasmo, porém, faz rugas na alma."



"Felicidade é ter noção da precariedade da vida, é estar consciente de que nada é fácil, é não se exigir de forma desumana e, apesar (ou por causa) disso tudo, conseguir ter um prazer quase indecente em estar vivo."

- Martha Medeiros 


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

"Parabéns para você, que tem um sonho. 
Que não desiste, apesar do que falam. 
Que não se abala, apesar do medo. 
Que sente uma fraqueza interna, mas caminha com passos firmes. 
Que fica tonta, mas não desmaia. 
Que apesar de cada pedra no caminho, corre. 
Que reclama dos problemas, mas entende que a vida é feita deles. 
Que tenta entender o defeito alheio – e procura perceber os seus."

- Clarissa Côrrea


quinta-feira, 14 de novembro de 2013

"Não sinto nada mais ou menos, ou eu gosto ou não gosto. Não sei sentir em doses homeopáticas. Preciso e gosto de intensidade, mesmo que ela seja ilusória e se não for assim, prefiro que não seja.

Não me apetece viver histórias medíocres, paixões não correspondidas e pessoas água com açúcar. Não sei brincar e ser café com leite. Só quero na minha vida gente que transpire adrenalina de alguma forma, que tenha coragem suficiente pra me dizer o que sente antes, durante e depois ou que invente boas estórias caso não possa vivê-las.

Porque eu acho sempre muitas coisas – porque tenho uma mente fértil e delirante – e porque posso achar errado – e ter que me desculpar – e detesto pedir desculpas embora o faça sem dificuldade se me provarem que eu estraguei tudo achando o que não devia.

Quero grandes histórias e estórias; quero o amor e o ódio; quero o mais, o demais ou o nada. Não me importa o que é de verdade ou o que é mentira, mas tem que me convencer, extrair o máximo do meu prazer e me fazer crer que é para sempre quando eu digo convicto que nada é para sempre."

Gabriel Garcia Márquez


quarta-feira, 13 de novembro de 2013

"Nunca desista. Se o constante movimento das marés pode desgastar uma rocha, imagine o que poderíamos fazer se apenas continuássemos a tentar".

- Yehuda Berg


"Passou. Pronto. Virei o disco, troquei de músicas, me renovei comigo mesma. Me enxergo mais pronta, ‘me descobri’ mais inteira, mais leve para sentir, mais provada de aromas, mais… Minha. Hoje sou muito mais Eu-para-mim, do que Eu-para-nós."

— Caio Fernando de Abreu.



"Jamais esquecerei a sábia resposta desferida pelo meu pai ao ser questionado e chamado de louco por ter deixado o filho de quinze anos fazer a primeira tatuagem. Sem pestanejar meu herói disse: 'Eu deixei, pois todos têm o direito de se arrepender' e aquilo soou como um tapa estalado na cara besuntada de bronzeador daquela mulher que perguntou aquilo, pois provavelmente criava os filhos em aquários e nunca teria coragem de deixá-los arriscar nem mesmo dez passos para fora da sala de estar. Isso aconteceu há aproximadamente onze anos e hoje, apesar de eu ter ironicamente me arrependido por ter perpetuado aquela águia nas costas que hoje mais parece uma pomba anoréxica, recuso-me a contentar-me com a sensação de dúvida diante daquilo que eu poderia ter feito e por medo deixei de fazer."

- Ricardo Coiro


terça-feira, 12 de novembro de 2013

"Como se vai embora de uma pessoa? Onde se compra a passagem? Vai-se de ônibus? Avião? Trem? Ou vai-se a pé tropeçando na vontade tola de voltar? Quantos quilômetros de tempo são necessários para estar longe o suficiente? É preciso viajar até mudar de estado para mudar o estado da alma? Como se vai embora de uma pessoa? Esquecer é sofrer um acidente neste incidente todo que é amar."

- Autor desconhecido




segunda-feira, 11 de novembro de 2013

"Não passe tanto tempo tentando descrever sua dor. Se a dor pudesse ser escrita a única coisa que faríamos com ela seria colocá-la em um envelope e devolver à quem causou. 
Certas coisas só vivem enquanto continuamos nos importando com elas, e morrem a partir do momento que aprendemos a enxergar usando os olhos da indiferença". 

- Sean Wilhelm.


domingo, 10 de novembro de 2013

sábado, 9 de novembro de 2013

“O que me dói é saber que o nós nunca existiu. 

Não passou de uma história em que apenas eu

era todos os personagens.”


"É realmente inexplicável que eu não tenha deixado de lado todos os meus ideais, porque eles parecem tão absurdos e impossíveis de se concretizarem. Mesmo assim eu os conservo, porque ainda acredito que as pessoas são boas de coração. Simplesmente não posso edificar minhas esperanças sobre alicerces de confusão, miséria e morte. Vejo o mundo gradativamente se tornando uma selvageria. Escuto o trovão se aproximando, cada vez mais, o que nos destruirá também; posso sentir o sofrimento de milhões e ainda assim, penso que tudo irá se corrigir, que esta crueldade também terminará. Enquanto isso, preciso adiar meus ideais para quando chegarem os tempos em que talvez eu seja capaz de alcançá-los."


- O Diário de Anne Frank


sexta-feira, 8 de novembro de 2013

"Respeite a você mais do que aos outros, respeite suas exigências, respeite mesmo o que é ruim em você - respeite sobre tudo o que você imagina que é ruim em você - pelo amor de Deus, não queira fazer de você uma pessoa perfeita, não copie uma pessoa ideal, copie você mesma - é esse o único meio de viver."

- Clarice Lispector


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

"Foram tantas ausências que preencheram seu espaço que agora você não cabe mais aqui dentro."


“Meu avô costumava dizer que amadurecemos com os danos, não com os anos.” 
Desconhecido 


quarta-feira, 6 de novembro de 2013

"Não saia de casa desarmado; leve sempre o seu sorriso".— Alceu Valença


terça-feira, 5 de novembro de 2013

"De todas as coisas que ouvi falarem sobre o amor, nenhuma admitia meia entrega. Ninguém meio que ama, ninguém meio que se entrega. 
Amar é desfazer-se de si, de fato."

— Gabito Nunes.


segunda-feira, 4 de novembro de 2013

“Um dia, perguntei para o psiquiatra: sou bipolar? Ele me disse: de bipolar você não tem nada. Você é sincera e tem sentimentos intensos. E me explicou a origem da palavra sincera, que vem do latim e significa “sem cera”. Antigamente, carpinteiros e escultores usavam cera para disfarçar os defeitinhos de esculturas e móveis de madeira. Então, eles lixavam, passavam verniz e tudo ficava aparentemente perfeito e em ordem. O aspecto das peças era magnífico. Com o passar do tempo, do frio, calor e uso, a cera ia se desmanchando e os defeitos iam ganhando vida. Sinceridade é “sem cera”, ou seja, sem máscaras, sem retoques, sem querer ser o que não é. Achei bonita a explicação dele. E triste. Dói ser 'sem cera'.”

- Clarissa Corrêa


domingo, 3 de novembro de 2013


“Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz. A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza. O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si. Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer. Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.”


 - Luís Fernando Veríssimo  


sábado, 2 de novembro de 2013

"Às vezes precisamos morrer um pouco por dentro para que então possamos renascer...
e crescer mais fortes e sábios, numa nova versão de nós mesmos."




sexta-feira, 1 de novembro de 2013

"Existem calendários e relógios que o medem, mas significam pouco, ou mesmo nada, porque todos nós sabemos que uma hora às vezes parece uma eternidade e, outras vezes, passa como um relâmpago, dependendo do que acontece nessa hora. Tempo é vida. E a vida mora no coração.”

- Momo e o Senhor do Tempo - Michael Ende