Total de visualizações de página

quinta-feira, 31 de março de 2016

Ensaio sobre a amizade - Lya Luft

"Que qualidade primeira a gente deve esperar de alguém com quem pretende um relacionamento? Perguntou-me o jovem jornalista, e lhe respondi: aquelas que se esperaria do melhor amigo. O resto, é claro, seriam os ingredientes da paixão, que vão além da amizade. Mas a base estaria ali: na confiança, na alegria de estar junto, no respeito, na admiração. Na tranqüilidade. Em não poder imaginar a vida sem aquela pessoa. Em algo além de todos os nossos limites e desastres. 

Talvez seja um bom critério. Não digo de escolha, pois amor é instinto e intuição, mas uma dessas opções mais profundas, arcaicas, que a gente faz até sem saber, para ser feliz ou para se destruir. Eu não quereria como parceiro de vida quem não pudesse querer como amigo. E amigos fazem parte de meus alicerces emocionais: são um dos ganhos que a passagem do tempo me concedeu. Falo daquela pessoa para quem posso telefonar, não importa onde ela esteja nem a hora do dia ou da madrugada, e dizer: 'Estou mal, preciso de você'. E ele ou ela estará comigo pegando um carro, um avião, correndo alguns quarteirões a pé, ou simplesmente ficando ao telefone o tempo necessário para que eu me recupere, me reencontre, me reaprume, não me mate, seja lá o que for. 

Mais reservada do que expansiva num primeiro momento, mais para tímida, tive sempre muitos conhecidos e poucas, mas reais, amizades de verdade, dessas que formam, com a família, o chão sobre o qual a gente sabe que pode caminhar. Sem elas, eu provavelmente nem estaria aqui. Falo daquelas amizades para as quais eu sou apenas eu, uma pessoa com manias e brincadeiras, eventuais tristezas, erros e acertos, os anos de chumbo e uma generosa parte de ganhos nesta vida. Para eles não sou escritora, muito menos conhecida de público algum: sou gente. 

A amizade é um meio-amor, sem algumas das vantagens dele mas sem o ônus do ciúme - o que é, cá entre nós, uma bela vantagem. Ser amigo é rir junto, é dar o ombro para chorar, é poder criticar (com carinho, por favor), é poder apresentar namorado ou namorada, é poder aparecer de chinelo de dedo ou roupão, é poder até brigar e voltar um minuto depois, sem ter de dar explicação nenhuma. Amiga é aquela a quem se pode ligar quando a gente está com febre e não quer sair para pegar as crianças na chuva: a amiga vai, e pega junto com as dela ou até mesmo se nem tem criança naquele colégio. 

Amigo é aquele a quem a gente recorre quando se angustia demais, e ele chega confortando, chamando de "minha gatona" mesmo que a gente esteja um trapo. Amigo, amiga, é um dom incrível, isso eu soube desde cedo, e não viveria sem eles. Conheci uma senhora que se vangloriava de não precisar de amigos: 'Tenho meu marido e meus filhos, e isso me basta'. O marido morreu, os filhos seguiram sua vida, e ela ficou num deserto sem oásis, injuriada como se o destino tivesse lhe pregado uma peça. Mais de uma vez se queixou, e nunca tive coragem de lhe dizer, àquela altura, que a vida é uma construção, também a vida afetiva. E que amigos não nascem do nada como frutos do acaso: são cultivados com... amizade. Sem esforço, sem adubos especiais, sem método nem aflição: crescendo como crescem as árvores e as crianças quando não lhes faltam nem luz nem espaço nem afeto. 

Quando em certo período o destino havia aparentemente tirado de baixo de mim todos os tapetes e perdi o prumo, o rumo, o sentido de tudo, foram amigos, amigas, e meus filhos, jovens adultos já revelados amigos, que seguraram as pontas. E eram pontas ásperas aquelas. Agüentei, persisti, e continuei amando a vida, as pessoas e a mim mesma (como meu amado amigo Erico Verissimo, 'eu me amo mas não me admiro') o suficiente para não ficar amarga. Pois, além de acreditar no mistério de tudo o que nos acontece, eu tinha aqueles amigos. Com eles, sem grandes conversas nem palavras explícitas, aprendi solidariedade, simplicidade, honestidade, e carinho. 

Nesta página, hoje, sem razão especial nem data marcada, estou homenageando aqueles, aquelas, que têm estado comigo seja como for, para o que der e vier, mesmo quando estou cansada, estou burra, estou irritada ou desatinada, pois às vezes eu sou tudo isso, ah!, sim. E o bom mesmo é que na amizade, se verdadeira, a gente não precisa se sacrificar nem compreender nem perdoar nem fazer malabarismos sexuais nem inventar desculpas nem esconder rugas ou tristezas. A gente pode simplesmente ser: que alívio, neste mundo complicado e desanimador, deslumbrante e terrível, fantástico e cansativo. Pois o verdadeiro amigo é confiável e estimulante, engraçado e grave, às vezes irritante; pode se afastar, mas sabemos que retorna; ele nos aguenta e nos chama, nos dá impulso e abrigo, e nos faz ser melhores: como o verdadeiro amor."

Lya Luft


quarta-feira, 30 de março de 2016

"É certo que você não receberá outra vida como esta. Você nunca mais irá desempenhar este papel e experimentar a vida como foi dada a você. Nunca mais vivenciará o mundo como o conjunto de circunstâncias desta vida, exatamente desta maneira, com esses pai, mãe, filhos e familiares. Nunca terá novamente este grupo de amigos. Você não experimentará a Terra com todas as suas maravilhas novamente neste período da história. Não espere o momento em que desejará dar uma última olhada no oceano, no céu, nas estrelas ou nas pessoas queridas. Vá olhar agora."

"A lição mais difícil de aprender é o amor incondicional. 
Não há por que ter medo da morte. Pode ser a experiência mais expressiva de toda a sua vida. Depende de como você viveu. Tudo é suportável quando há amor. 
Dê mais amor. A única coisa que vive para sempre é o amor. 
A suprema lição é aprender como amar e ser amado incondicionalmente."

Elisabeth Kübler-Ross


"Nenhuma dor deveria ser pensada sem se construírem pontes de alívio. 
Nenhuma falha deveria ser recuperada sem gerar um aprendizado. 
Caso contrário, sofrer é uma inutilidade."

- Augusto Cury in "O Vendedor de Sonhos" 



terça-feira, 29 de março de 2016

"A liberdade é uma ilusão, eu sei. Ninguém é inteiramente livre, a não ser que não possua vínculos. Como qualquer pessoa saudável, não abro mão de laços afetivos, 
a vida seria muito árida sem amor."

- Martha Medeiros 



segunda-feira, 28 de março de 2016

"Não existe justiça no amor. O amor não é democrático, não é optar e gostar, não é promoção, não é prêmio de bom comportamento. ´[...] Não se apaixonará pela pessoa ideal, mas por aquela que não conseguirá se separar. A convivência é apenas o fracasso da despedida. O beijo é apenas a incompetência do aceno. Amor é uma injustiça, minha filha. Uma monstruosidade. Você mentirá várias vezes que nunca amará ele de novo e sempre amará, absolutamente porque não tem nenhum controle sobre o amor."

-Fabrício Carpinejar 


domingo, 27 de março de 2016

"Quanto mais amor temos, 
tanto mais fácil fazemos a nossa
passagem pelo mundo".

- Kant 


"Se o momento é de crise, não te perturbes, segue… 
Serve e ora, esperando que suceda o melhor. 
Queixas, gritos e mágoas são golpes em ti mesmo. 
Silencia e abençoa, a verdade tem voz."

-Chico Xavier 


sábado, 26 de março de 2016

"Quando você ama precisa abrir mão de todo o narcisismo, tem que dar um chega pra lá no egoísmo e entender que você pode e deve se dividir. Só existe amor quando há divisão. E essa divisão, insisto, é justamente a soma. A soma de tudo: carinho, projetos, medos, anseios, vivências, passados. O resultado dessa soma quem faz é você, diariamente. E essa matemática não é exata, pois o amor não tem nada de exatidão. Ele é imperfeito e, ao mesmo tempo, puro."

-Clarissa Corrêa


sexta-feira, 25 de março de 2016

quinta-feira, 24 de março de 2016

"Ele não vai dizer a frase certa na hora certa, e vai fazer você descobrir que não há frases erradas quando se fala com o coração. Ele não vai gostar do que você gosta, e você não vai gostar do que ele gosta, e a criatividade para descobrir prazeres em comum dará à relação um caráter insuspeitado. De um jeito mais simples, é possível amar aceitando o que é possível receber, sem sofrer pelo que foi sonhado em vão."

- Martha Medeiros


terça-feira, 22 de março de 2016

"Quanto mais você se parece com o que sonhou ser, 
mais autêntico você é."

- Frase do filme "Tudo sobre minha mãe"


segunda-feira, 21 de março de 2016

"[...] ele sempre insistiu que sou forte, insistiu que a minha capacidade é maior do que acredito. E eu sei, sem que ninguém precise me dizer, que é isso que o amor faz quando é certo. Ele torna você algo maior do que é, maior do que acreditava ser capaz de ser."


- Veronica Roth in Convergente (p. 411)


domingo, 20 de março de 2016

sábado, 19 de março de 2016

"Se o passado de uma pessoa fosse o seu passado, se a dor dessa pessoa fosse a sua dor, se o nível de consciência dela fosse o seu, você pensaria e agiria exatamente como ela. Ao compreender isso, fica mais fácil perdoar, desenvolver a compaixão e alcançar a paz."

- Eckhart Tolle



sexta-feira, 18 de março de 2016

"A vida humana é, na maioria das vezes, uma roda incessante de repetições. É quando finalmente paramos para entender melhor o que tanto se repete em nossas existências que é possível dar um salto e amadurecer."

- Personare


quinta-feira, 17 de março de 2016

"Todos nós temos sonhos pouco prováveis. Coisas que sentimos medo até de pensar com receio de ouvir uma reprovação do inconsciente. Tentamos fixar os pés no chão, mas nossa cabeça se julga autossuficiente e prefere viajar sozinha, mesmo sem permissão.
Um absurdo, não?
Não!
Desde quando sonhos têm limites? Quem disse que querer é racional? Não é preciso lógica para algo se materializar em nossa mente. Construímos histórias por conta própria.
Sonhar pode parecer um jeito tolo de ignorar a realidade, mas com certeza é a ação responsável por nos manter sempre em movimento. Sempre em busca do que desejamos.
E além do mais, parado não se chega a lugar algum. Nem em sonho..."

- Fernanda Gaona


quarta-feira, 16 de março de 2016

"Se você rouba as memórias de uma pessoa, 
você muda quem ela é".

Veronica Roth in "Convergente" (p. 106)


terça-feira, 15 de março de 2016

"Não é a vida que dificulta as coisas.
As pessoas é que tem muito medo de mudar
Para arriscar uma felicidade que não é garantida.
Todo mundo tem um trauma,
um medo, algo que paralise.
Mas transformar isso em espaço pra crescer
pouca gente faz."

- Marla de Queiroz


segunda-feira, 14 de março de 2016

"Eu costumava pensar que, quando as pessoas se apaixonavam, elas apenas iam aonde fossem levadas, sem ter qualquer liberdade de escolha a respeito disso depois. Talvez isso seja o caso no começo dos relacionamentos, mas não é o que está acontecendo agora.
Eu me apaixonei por ele. Mas não fico com ele de maneira automática, como se não existisse mais ninguém disponível para mim. Fico com ele porque decido fazê-lo todos os dias quando acordo e sempre que brigamos, mentimos um para o outro ou nos desapontamos. Eu o escolho continuamente, e ele me escolhe também".

- Veronica Roth in "Convergente"( p. 371)



domingo, 13 de março de 2016

"Pra amar, tem que conhecer. 
Pra amar, tem que se perceber. 
Pra amar, tem que doer um pouco. 
Porque dói, é uma descoberta, é uma mudança, é um se ver no outro, é um ver o outro exatamente como ele é - e ainda assim amar."


- Clarissa Corrêa


sábado, 12 de março de 2016

"Mas eu gostava dele, dia mais dia, mais gostava. Diga o senhor: como um feitiço? Isso. Feito coisa-feita. Era ele estar perto de mim, e nada me faltava. Era ele fechar a cara e estar tristonho, e eu perdia meu sossego. Era ele estar longe, e eu só nele pensava. E eu mesmo não entendia, então o que aquilo era?"

- Guimarães Rosa in "Grande sertão: Veredas" 


sexta-feira, 11 de março de 2016

"Felicidade não tem a ver com oba-oba, riso frouxo, vida ganha. Isso é alegria, que também é ótima, mas que não tem a profundidade de uma felicidade genuína que engloba não só a alegria como a tristeza também. Felicidade é ter consciência de que estar apto para o sentimento é um privilégio, e que quando estou melancólica, nostálgica, introvertida, decepcionada, isso também é uma conexão com o mundo, isso também traz evolução, aprendizado. 
Feliz de quem cresce. Mesmo aos trancos."

- Martha Medeiros


quinta-feira, 10 de março de 2016

"[...] na verdade a única coisa que nos torna bonitos aos nossos olhos 
é nos espelharmos nos olhos de quem nos ame."

- Rachel de Queiroz

Cena do Filme "Um dia"

quarta-feira, 9 de março de 2016


"Quando a vida despedaçar você, junte alguns pedaços e faça questão de deixar outros pelo caminho.
Isso pode até parecer estranho, porque a gente sempre tem 
o desejo de ser inteiro novamente, mas as partes que ficarem para trás
irão servir para demarcar todos aqueles lugares que você já passou e não foi feliz, impedindo assim que você caminhe em meio aos mesmos erros outras vezes."

- Jey Leonardo



terça-feira, 8 de março de 2016

"Somos livres e não possuímos as pessoas
Temos apenas o amor por elas e nada mais
E é preciso ter coragem para ser o que somos,
Sustentar uma chama no corpo sem deixar a luz se apagar ...
É preciso recomeçar no caminho que vai para dentro
vencendo o medo imaginado, assegurar-se no inesperado
confiando no invisível, desprezando o perecível
na busca de si mesmo.
Ser o capitão da nau
no mais terrível vendaval, 
na conquista de um novo mundo
mergulhar bem fundo
para encontrar nosso ser real..."

- Luiz Gasparetto


segunda-feira, 7 de março de 2016

"Chorei por amor e ainda vou chorar, 
porque é da natureza do amor despertar nossas fragilidades."




- Martha Medeiros




domingo, 6 de março de 2016


"Por respeitar seu coração, eu digo: não, eu não te amo como você me ama. 
Por respeitar seus sentimentos eu afirmo: não é recíproco. 
Desculpa, eu não sei fingir os sentimentos. 
Eu não quero te dar as mãos tendo a mente entrelaçada em outro alguém. 
Não quero entrar nisso pensando: talvez eu consiga gostar dele também. 
Não quero dizer "sim" só pra não ver você chorar. Não quero. 
Isso é coisa de gente que não pensa no coração dos outros. 
Olha nos meus olhos, eu quero o seu bem. 
E eu respeito tanto o seu amor que o rejeito. Não vou brincar com ele. 
Não vou pisa-lo. Não. 
Ele é bonito demais pra ser desperdiçado com a falta de reciprocidade. 
Plante-o em outro lugar. Em um outro coração de solo fértil. 
Pra que ele cresça e você colha os frutos tão lindos. 
Você merece mais que o quase. 
Por respeitar seu coração, eu peço, não o dê pra mim. 
Você encontrará seu lugar, alguém pra amar, andar de mãos dadas
 e ouvir Los Hermanos contigo. 
Se precisar de um abraço e conselhos, eu estarei sempre aqui. 
Desculpa se estou quebrando seu coração. Faço isso por respeita-lo. 
Pra protegê-lo de uma dor maior no futuro. Vai ficar tudo bem, eu prometo. 
Você vai encontrar todo o amor que merece. E, acredite em mim, você merece muito. 
Eu te respeito. E essa é a minha forma de mostrar meu amor por você."

- Drica Serra- A menina e o violão.


sábado, 5 de março de 2016

"Dizem que ficamos mais amolecidos com a idade, mas eu achava que estavam se referindo às dobrinhas no joelho. Pelo visto, os sentimentos, com o tempo, também afrouxam. Melhor assim: deixam de empedrar e de nos enrijecer por dentro. Deslizam pela face e nos purificam: ficamos banhados, limpos, batizados."

- Martha Medeiros


sexta-feira, 4 de março de 2016

quinta-feira, 3 de março de 2016

"Costumamos nos agarrar ao que é conhecido, a emoções reprisadas, à manutenção do já visto e já feito - raramente arriscamos perder o chão sob nossos pés. Até que alguém dá um salto mortal bem na nossa frente e não se estatela, ao contrário, se sobressai. É quando dá vontade de ter coragem também. Coragem de sentir medo. E então descobrir que o destino não nos abandonou como parecia. Só estava esperando que a gente se tornasse mais merecedor de seu sorriso."

- Martha Medeiros


quarta-feira, 2 de março de 2016

terça-feira, 1 de março de 2016

"O esquecimento, frequentemente, é uma graça. 
Muito mais difícil que lembrar é esquecer! Fala-se de 'boa memória'. Não se fala de 'bom esquecimento', como se esquecimento fosse apenas memória fraca. Não é não.
Esquecimento é perdão, o alisamento do passado, 
igual ao que as ondas do mar fazem com a areia da praia durante a noite."

- Rubem Alves