Total de visualizações de página

domingo, 30 de junho de 2013

O menino e a flor

"Era uma vez um menino. Ele era bastante pequeno. E ela era uma grande escola. Mas quando o menininho descobriu que podia ir a sua sala, caminhando, através da porta, ele ficou feliz. E a escola não parecia mais tão grande quanto antes. 

Uma manhã, quando o menininho estava na escola, a professora disse: - Hoje nós iremos fazer um desenho. - Que bom! pensou o menino. Ele gostava de fazer desenhos. Ele poderia fazer de todos os tipos: leões, tigres, galinhas, vacas, trens, barcos,; e ele pegou sua caixa de lápis e começou a desenhar. Mas a professora disse: - Esperem! Ainda não é hora de começar. E ele esperou até que todos estivessem prontos. - Agora - disse a professora - nós iremos desenhar flores. 

- Que bom! pensou o menininho. Ele gostava de desenhar flores. E começou a desenhar flores com seu lápis cor de rosa, laranja e azul. Mas a professora disse: - Esperem! Vou mostrar como fazer. E a flor era vermelha com o caule verde. No outro dia, quando o menininho estava em aula, ao ar livre, a professora disse: - Hoje nós iremos fazer alguma coisa com barro. - Que bom! pensou o menininho, ele gostava de barro. Ele podia fazer todas as coisas com barro: elefante, camundongos, carros e caminhões. Ele começou a juntar e amassar a sua bola de barro. Mas a professora disse: - Esperem! Não é hora de começar. E ele esperou até que todos estivessem prontos. Agora, disse a professora, nós iremos fazer um prato. - Que bom! pensou o menininho. Ele gostava de fazer pratos de todas as formas e tamanhos. A professora disse: - Esperem! Eu vou mostrar como se faz. E ela mostrou a todos como fazer um prato fundo. - Assim - disse a professora - Agora podem começar. O menininho olhou para o prato da professora. Então olhou para seu próprio prato. Ele gostava mais do seu prato do que o da professora. Mas ele não podia dizer isso. Ele amassou o seu barro numa grande bola novamente, e fez um prato igual o da professora. Era um prato fundo. E muito cedo, o menininho aprendeu a esperar e a olhar, a fazer as coisas exatamente como a professora. E muito cedo, ele não fazia mais as coisas por si próprio. 

Então aconteceu de o menino e sua a família mudarem-se para outra casa, em outra cidade, e o menininho tinha que ir para outra escola. Esta escola era maior do que a primeira. E não havia porta da rua nesta escola. E no primeiro dia ele estava lá. 

A professora disse: - Hoje nós faremos um desenho - Que bom! pensou o menininho, e ele esperou que a professora dissesse o que fazer. Mas a professora não disse. Ela apenas andava na sala. Foi até ele e falou: - Você não quer desenhar? - Sim, disse o menininho, o que é que nós vamos fazer? - Eu não sei, até que você o faça, disse a professora. - Como eu posso fazê-lo? Perguntou o menininho. - Da maneira que você gostar, disse a professora. - De que cor? - Se todo mundo fizer o mesmo desenho e usar as mesmas cores, como eu vou saber quem fez o quê e qual o desenho de cada um? 
- Eu não sei, disse o menininho. E ele começou a desenhar uma flor vermelha com o caule verde."


"Existe tanta coisa mais importante nessa vida que sofrer por amor. 
Que viver um amor. Tantos amigos. Tantos lugares. Tantas frases e livros e sentidos. Tantas pessoas novas. Indo. Vindo."


- Fernanda Mello



sábado, 29 de junho de 2013


“Soma-te de coisas que te façam bem, ignore qualquer tipo de sentimento 
que te subtraia.
Que tudo seja natural, principalmente nossas próprias escolhas.
Que as pessoas não sejam apenas de carne e osso, mas que sejam de alma e coração. Que a compreensão venha junto com a paciência 
de aceitar o outro como ele é.
Que julgamentos sejam apenas opiniões de pessoas precipitadas que não enxergam o sentido de um ser humano, e que elas se corrijam, pelo menos.
Que tenhamos forças para aguentar as nossas fraquezas e coragem para assumi-las.
Que nada seja de mentira, e quando houver mentira que tenhamos a serenidade de reconhecer que o tempo sempre faz seu trabalho.
E que antes de aprender a amar o outro, saibamos amar a nós mesmos.”

- Maíra Cintra

Brisa e Sinestesia 
"Era ainda jovem demais para saber que a memória do coração 
elimina as más lembranças e enaltece as boas e que graças a este artifício conseguimos suportar o passado."


- Gabriel Garcia Marquez


sexta-feira, 28 de junho de 2013


"Cada um de nós é uma lua e tem um lado escuro que nunca mostra a ninguém."

- Mark Twain



quinta-feira, 27 de junho de 2013

“O que a memória ama, fica eterno.

Adélia Prado




quarta-feira, 26 de junho de 2013

"Sonhos são pipas
parecem distantes
mas somos nós que dominamos a linha. "

- Renata Fagundes 


terça-feira, 25 de junho de 2013

Amputação Emocional


Me disseram que eu não podia ser verdadeira o tempo todo. 
Então amputei a verdade que havia em mim. 
Hoje vivo uma vida de mentira, de faz de conta.

Me disseram também que amar demais era ilegítimo... perigoso. 
Então amputei o amor que havia em mim, pois não consegui amar pela metade. 
E o amor que eu tinha... sufocava.

Hoje tenho uma máscara que se diz: amor. 
Uso-a quando tenho que demonstrar esse sentimento exaurível 
que já há tempos não existe de verdade.

Me disseram ainda que não devo compartilhar tudo o que faço. 
Pois 'O que os outros vão pensar?' - me disseram! 
Então amputei a sinceridade que havia em mim. 
uso uma máscara com auréola para me proteger.



E assim fui amputando... sentimento após sentimento. 
Até sobrar um toquinho de mim.

Guardo minhas máscaras em uma gaveta onde tenho fácil acesso.
Visto uma logo que acordo. Troco de máscaras quando vou ao trabalho. 
Quando saio ... Tenho uma para cada ocasião.



Minha face é genuína apenas quando estou só.
É quando me dispo de toda a falsidade e mergulho no meu eu verdadeiro.

É quando esqueço que máscaras existem.
É quando sou eu mesma... nua e crua... 


- Wally W. Martins
De: Reflexões da Psicanálise (Facebook)


"Um bom confidente, às vezes, é apenas aquele que nos deixa livres para dizermos tudo o que quisermos sobre nós, inclusive bobagens das quais talvez nos arrependamos logo depois de dizê-las. Às vezes, é apenas aquele que interage com o nosso sentimento da vez, sem estar com a razão toda arrumada para análises profundas, tiradas magníficas, sermões eloquentes, dos quais nem sempre precisamos. Um bom confidente, essa maravilha rara, é aquele que aproxima, generosamente, a vida dele da vida da gente e, apesar da mágica interação que acontece com essa proximidade, consegue manter a distância necessária para não confundir a sua história com a nossa. Há momentos em que a gente só precisa falar e se sentir, de verdade, ouvido. Só isso. Só isso tudo." 

- Ana Jácomo 




segunda-feira, 24 de junho de 2013

"Integridade é estar no seu melhor. E, quando você vai para o melhor, tudo começa a dar certo. Como chegar lá? Invista na autoconfiança, dê importância a você. Somente a dedicação e a consideração profunda por si mesma é que a levarão para o melhor. Confie que a sua estrada é diferente da dos outros. Aliás, nunca tenha medo de se sentir diferente de ninguém. Veja bem: você está aqui para fazer a diferença! É por isso que a vida é linda – pelas diferenças, a coragem de assumir o próprio eu. Se o mundo aceita ou não, isso não importa. O principal é você se aceitar. Dessa forma, você estará protegida e no caminho da evolução!"

Luiz Antônio Gasparetto


90.000 Visitas

"…Sou boa sou má, sou verdadeira sou desonesta, sou lúcida sou louca, cresço ou permaneço, amo ou abandono, ajudo ou torturo - e assim,com o leque das possibilidades, me foi dado o tormento das opções…" 

Lya Luft 





domingo, 23 de junho de 2013

"Tudo o que eu vivi me trouxe até aqui e sou grata a tudo,
invariavelmente. Curvo meu coração em reverência a todos
os mestres, espalhados pelos meus caminhos todos,
vestidos de tantos jeitos, algumas vezes disfarçados de dor. "

- Ana Jácomo 


sábado, 22 de junho de 2013

 "Não sei se será possível a gente escolher as próprias verdades, elas mudam tanto. Não só por isso, nossas verdades quase nunca são iguais às dos outros, e é isso que gera o que chamamos de solidão, desencontro, incomunicabilidade." 

- Caio Fernando de Abreu


sexta-feira, 21 de junho de 2013

"A maioria dos pássaros já foi criada para voar. Para eles, ficar no solo é uma limitação de sua capacidade de voar, e não o contrário. Você, por outro lado, foi criado para ser amado. Assim, para você, viver como se não fosse amado é uma limitação, e não o contrário […] Viver sem ser amado é como cortar as asas de um pássaro e tirar sua capacidade de voar. Não é algo que eu queira para você.”
"- A dor tem a capacidade de cortar nossas asas e nos impedir de voar. E, se essa situação persistir por muito tempo, você quase pode esquecer que foi feito para voar." 

- William P. Young 

"Chega um momento das nossas vidas em que não fazemos mais questão de sermos amados. Quer dizer, não que não precisemos disso e de ter amor e carinho na nossa vida, pois precisamos e queremos, mas ficamos satisfeitos de isso se reduzir a duas ou três pessoas. As coisas mudam de foco, é apenas isso, começamos apenas a querermos ficar em paz, sermos deixados em paz. Se o vizinho gosta de nós? Não importa, desde que não atrapalhe. Se faltou atenção e bons cuidados dos pais quando era criança? Passou o trauma, releva-se desde que eles não lhe façam sentir-se insuficiente. Quem não nos ama, deixou ou faltou amar, não importa mais: a gente quer é um canto para ouvir o silêncio. Depois de um tempo, quanto menos gente, melhor. E quanto mais o amor se concentrar nos bons e velhos de sempre, melhor também. Assim vamos, dispensando o ódio e implorando, por amor de Deus, que nos deixem em paz.
Particularmente, sinto que preciso muito ficar em paz… "

- Camila Costa 




quinta-feira, 20 de junho de 2013

"O que me fascina nas borboletas é de onde elas vem... 
Nelas, me inspiro.
Quero uma constante metamorfose de Deus em mim."

- Sirlei L. Passolongo



'E a gente descobre que só porque alguém não nos ame do jeito que queríamos que amasse não significa que esse alguém não nos ame com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso'.

William Shakespeare.


quarta-feira, 19 de junho de 2013


"Há amor para todo mundo. Há amor para quem quer se conectar com ele. Não perdemos quando damos: ganhamos junto. Quanto mais a gente faz o amor circular, mas amor a gente tem. Não é lorota. Basta sentir nas interações do dia-a-dia, esse nosso caderno de exercícios." 

- Ana Jácomo 


terça-feira, 18 de junho de 2013

"Eu tenho um livro secreto, uma espécie de diário, que prefiro chamar de vida. Existem folhas rabiscadas, arrancadas e algumas que valeram a pena ser coladas com durex. Mas o que realmente me interessa, são as páginas da vida que me fazer rir e as que ainda estão em branco e me causam a expectativa do que está por vir!" 

- Aurélia Vasconcelos
De: Coisas que eu sei





"Seria muito bacana que os pais de hoje entendessem que tão importante quanto uma boa escola ou um curso de línguas ou um Ipad é dizer de vez em quando: “Te vira, meu filho. Você sempre poderá contar comigo, mas essa briga é tua”. Assim como sentar para jantar e falar da vida como ela é: “Olha, meu dia foi difícil” ou “Estou com dúvidas, estou com medo, estou confuso” ou “Não sei o que fazer, mas estou tentando descobrir”. Porque fingir que está tudo bem e que tudo pode significa dizer ao seu filho que você não confia nele nem o respeita, já que o trata como um imbecil, incapaz de compreender a matéria da existência. É tão ruim quanto ligar a TV em volume alto o suficiente para que nada que ameace o frágil equilíbrio doméstico possa ser dito.

Agora, se os pais mentiram que a felicidade é um direito e seu filho merece tudo simplesmente por existir, paciência. De nada vai adiantar choramingar ou emburrar ao descobrir que vai ter de conquistar seu espaço no mundo sem nenhuma garantia. O melhor a fazer é ter a coragem de escolher. Seja a escolha de lutar pelo seu desejo – ou para descobri-lo –, seja a de abrir mão dele. E não culpar ninguém porque eventualmente não deu certo, porque com certeza vai dar errado muitas vezes. Ou transferir para o outro a responsabilidade pela sua desistência.

Crescer é compreender que o fato de a vida ser falta não a torna menor. Sim, a vida é insuficiente. Mas é o que temos. E é melhor não perder tempo se sentindo injustiçado porque um dia ela acaba."


Eliane Brum



"Você está errado se acha que a alegria emana somente ou principalmente das relações humanas. Deus a distribuiu em toda a nossa volta. Está em tudo e qualquer coisa que possamos experimentar. Só temos de ter a coragem de dar as costas para nosso estilo de vida habitual e nos comprometer com um modo de viver não convencional.
O que quero dizer é que você não precisa de mim ou de qualquer outra pessoa em volta para pôr esse novo tipo de luz em sua vida. Ele está simplesmente esperando que você o pegue e tudo que tem a fazer é estender os braços. A única pessoa com quem você está lutando é você mesmo e sua teimosia em não entrar em novas situações".

Carta de Chris McCandless a Ron em “Na Natureza Selvagem” de Jon Krakauer 


segunda-feira, 17 de junho de 2013

“Não existe nenhum passeio fácil para a liberdade em lado nenhum, e muitos de nós teremos que atravessar o vale da sombra da morte vezes sem conta até que consigamos atingir o cume da montanha dos nossos desejos.” 

- Nelson Mandela


"Na vida não existem verdades absolutas… percepção é de cada um, então lá vai: sinto muito, se eu não sou exatamente o que espera de mim; sinto muito, se eu não atendo todas as expectativas; sinto muito, se eu não sou capaz de ler pensamentos e realiza-los imediatamente. Sabe por que sinto muito… muitíssimo? Porque essa frustração será sua e não minha. Afinal, a minha percepção me diz que sou exatamente o que queria ser; sendo assim, não posso sofrer por você!"

-  Martha Medeiros 


domingo, 16 de junho de 2013


" 'Desperdício' é uma das palavras que mais detesto em nossa língua e em nossa realidade, desperdício de comida, de dinheiro, de esforço, e de vida. Desperdício dos afetos, quando enganamos ou traímos.
Quando somos irresponsáveis feito adolescentes eternos, e não acho graça nenhuma nisso.
Atitudes de crianças e de adolescentes são toleráveis e até graciosas, na idade devida. Depois ficam chatas, ficam inconvenientes, ficam burras."

- Lya Luft




sábado, 15 de junho de 2013

O amor celebrado




Quando era criança, assistia a filmes e novelas românticas e pensava: será que um dia escutarei “eu te amo” de alguém? É bem verdade que ouvia todo dia da minha mãe, mas não era do mesmo jeito que o Francisco Cuoco dizia para a Regina Duarte. Eu sonhava com o “eu te amo” apaixonado, dito por um homem lindo, e com a voz um pouco trêmula, para deixar a emoção mais evidente. Será que era invenção do cinema e da tevê, ou essas coisas poderiam acontecer mesmo? Era esperar para ver.



Passou o tempo. Cresci, ouvi e retribuí. Clichê? Que seja, mas não há quem não se emocione ao escutar e ao dizer, ao menos nas primeiras vezes, em pleno encantamento da relação, quando a declaração ainda é fresca, pungente, verdadeira, a confirmação de algo estupendo que se está experimentando, um sentimento por fim alcançado e que se almeja eterno. Depois ele entra no circuito automático, vira aquele “te amo” dito nos finais dos telefonemas, como se fosse um “câmbio, desligo”.



O tempo seguiu passando, e me encontro aqui, agora, descobrindo que há outro tipo de “te amo” a ser escutado e falado, diferente dos que acontecem entre pais e filhos e entre os amantes em relacionamentos vigentes. É quando o “te amo” já não é dito para firmar um compromisso, para manter alguém a par das nossas intenções ou para experimentar uma cena de novela. O “te amo” da maturidade vem desvinculado de qualquer mensagem nas entrelinhas, não possui nenhum caráter de amarração e tampouco expectativa de ouvir de volta um “eu também”. Ele é singular. Estou falando do amor declarado não só quando amamos com romantismo, mas também de outra forma.



A experiência tem se dado do seguinte modo: tenho dito “eu te amo” para amigas e amigos, e escutado deles também. Uma declaração bissexual e polígama, que resgata esse sentimento das garras da adequação. Volta a ser o amor primitivo, verdadeiro, sem nenhuma simbologia, puro afeto real. Amor por pessoas que não conheci ontem num bar, e sim por quem já tenho uma história de vida compartilhada. Amor manifestado espontaneamente àqueles que não me exigem explicações, que apoiam minhas maluquices, que fazem piada dos meus defeitos, que já tiveram acesso ao meu raio-X emocional e sabem exatamente o que levo dentro – e eu, do mesmo jeito, tudo igual em relação a eles. Mais do que nos amamos – nos sabemos.



É um “eu te amo” que cabe ser dito inclusive aos ex-amores, ao menos aos que nos marcaram profundamente, aos que nos auxiliaram na composição do que nos tornamos, e que mesmo nos tendo feito sofrer, foram fundamentais na caminhada rumo ao que somos hoje. E indo perigosamente mais longe: esse ex-amor pode ainda ser seu marido e sua mulher, mesmo já não fazendo seu coração saltar da boca. Pelo trajeto percorrido, e por ter alcançado o posto de um amigo mais que especial, merece uma declaração igualmente comovida.



É quando o “eu te amo” deixa de ser sedução para virar celebração.




Jornal de Santa Catarina – 15/06/2013






"Quando tive que colocar ação nas minhas palavras, descobri que a nossa crença deve ser renovada diariamente e que não vivemos apenas do acaso. Mesmo que você tenha encontrado seu grande amor na esquina de uma rua qualquer, foi preciso que você andasse até lá, mesmo que você tenha conseguido o emprego que almejou, foi preciso que alguém te indicasse ou que estudasse o suficiente para tê-lo. Mesmo que você tenha perdido um ente muito querido e não consiga ver possibilidade de restauração desta perda, existem outras pessoas nascendo no mundo e que vão cumprir sua missão nesta existência dentro do tempo concedido a cada um. "

- Marla de Queiroz 


sexta-feira, 14 de junho de 2013

“Amor é a única maneira de captar outro ser humano no íntimo da sua personalidade. Ninguém consegue ter consciência plena da essência última de outro ser humano sem amá-la. Por seu amor a pessoa se torna capaz de ver os traços característicos e as feições essenciais do seu amado; mais ainda, ela vê o que está potencialmente contido nele, aquilo que ainda não está, mas deveria ser realizado. Além disso, através do seu amor a pessoa que ama capacita a pessoa amada a realizar essas potencialidades. Conscientizando-a do que ela pode ser e do que deveria vir a ser, aquele que ama faz com que essas potencialidades venham a se realizar.”

- Viktor Frankl


"Quando criança brincava de segurar areia nas mãos.
Não dava para segurá-la por muito tempo, ela escorria pelos dedos, mas mesmo assim ficavam umas pedrinhas.
Na época, eu acreditava que eram pedras preciosas.
Hoje, tenho certeza disso." 

- Vanessa Leonardi


quinta-feira, 13 de junho de 2013

"É que hoje eu acordei muito feliz. Feliz como tenho acordado durante tantos e tantos dias. Apesar de tudo. Apesar de tanto. Hoje estou milionária. Eu tenho um céu azul, e infinitos e tenros raios de sol preenchendo todos os pontos cardeais da cidade. Sinto tudo tão meu, porque me sinto tão pertencente a tudo. Eu que sempre quis um lugar para ir, um lugar de repouso e harmonia. Eu que sempre quis, quando encontrasse este lugar, poder ficar lá pelo tempo que fosse preciso. E agora posso, basta eu saber olhar. E a minha imaginação é tão fértil, solo que nasceu arado, jamais será novamente devastada pelo cultivo da tristeza. Porque eu descobri toda a acepção da palavra gratidão e, desde então, me tornei merecedora".


- Marla de Queiroz


quarta-feira, 12 de junho de 2013

Versos II

  
   

A estrela que no céu vejo
lembra alguém no meu romance:
tão perto do meu desejo,
tão longe do meu alcance ...

***

As rosas são belas,
são os espinhos que picam;
mas são as rosas que caem,
são os espinhos que ficam ...

***
Saudade: doce é teu nome,
parece que nada diz;
no entanto, quem por ti sofre
nunca poderá ser feliz ...

***

Felicidade, meu bem,
é tudo o que a gente sente
quando gosta de alguém
que também gosta da gente.

***

Sonhei que o fogo gelava;
sonhei que o gelo queimava;
de tanto sonhar o impossível,
sonhei que você me amava. 

***

São séculos cada instante
em que teus beijos espero 
e o tempo nunca é bastante
para amar-te quanto eu quero.

*** 

Amar é sentir o bem
e viver profundamente 
a querer o amor de alguém
que vive dentro da gente.

***

Os beijos não são iguais,
há sempre beijos de alguém
que, beijando-nos a boca
a alma nos beija também.

***

Sem te ver, eu passo os dias
e nisto vai meu tormento.
Não bastam todas as vezes
que te vê meu pensamento.

***

Quando estamos de mãos dadas
não há mais belo momento:
somos duas vidas ligadas
pelas mãos de um sentimento.





terça-feira, 11 de junho de 2013

"Estamos todos matriculados na escola da vida, onde o mestre é o tempo..."

- Cora Coralina


"É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão.
O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, 
pois a vida está nos olhos de quem saber ver".


- Gabriel García Marquez


"Faça valer a sua passagem por aqui. Não sei se você percebeu, mas viver é nossa única opção real. Antes de nascermos, era o nada. Depois, virá mais uma infinidade de nada. Essa merrequinha de tempo entre dois nadas é um presentaço. 
Não seja maluco de desperdiçar. "

Martha Medeiros 


segunda-feira, 10 de junho de 2013

"Você deveria ser capaz de estar só, completamente só e, ainda assim, tremendamente feliz. Então, você pode amar. Então, seu amor não é mais uma necessidade, mas um compartilhar, não mais é uma carência. Você não se tornará dependente das pessoas que você ama. Você compartilhará – e compartilhar é bonito. Esta é a diferença entre relacionar-se e relacionamento: relacionamento é uma coisa: você se apega a ele; relacionar-se é um fluxo, um movimento, um processo. Você encontra uma pessoa e você ama, porque você tem muito amor disponível." 

- Osho


"A gente se auto define todo o tempo, eu poderia ser assim ou assado. Fazer melhor, querer mais, superação, aceleração, multidão, decisão e os dias se vão. As pessoas não param para olhar, para ouvir, para refletir, não prestam atenção no outro é tudo a tempo e a hora. Sentenciado de qualquer maneira. Pessoas são etiquetadas e colocadas em prateleiras em ordem alfabética pra facilitar o serviço. 

Muitos dizem - eu já nasci pronto. Eu não. Vivo nascendo todos os dias. Meus passos tem ritmo de bossa nova e ainda sou poesia." 

- Renata Fagundes 


"Preciso te contar o quanto o meu amor próprio superou as madrugadas longas, o quanto que me descobrir fez te esconder na memória, o quanto me permitir me fez mais interessante, o quanto fantástica posso ser e as pessoas que posso ter ao redor, que posso escolher e não ser a escolha.
[…] porque você me ensinou muitas coisas, coisas que nem um inimigo me ensinaria. Por causa de você conheci meus limites e os desaprendi, e hoje não me permito a nada que seja menos do que a felicidade ou mais do que a sensatez. Você me ajudou a me tornar uma mulher mais forte e menos tempestuosa. Me ensinou a não ser cruel, quando me magoou. Me ensinou a como não permitir o descaso, quando te contava um sonho. Me ensinou como não enganar, quando optou por outros planos. Me ensinou a descobrir o quanto posso ser amada, quando teu cuidado era de outra face.
Hoje meu caminhar é um convite, hoje minha companhia é para poucos, hoje meus dedos são violinos, hoje meu riso é a felicidade, hoje meu plano aceita ser surpreendido. Hoje apenas me permito a certeza do que a incerteza me impõe." 

- Cáh Morandi 


domingo, 9 de junho de 2013

Versos - Do fundo do Baú

Tenho tua imagem tão viva
e tão dentro do meu ser
que quando quero lembrar-te
fecho os olhos para te ver.

***

O amor quando é verdadeiro
não tem peso nem medida;
é maior que o mundo inteiro,
vale mais que a própria vida.

***

Saudade: doce poema
que ninguém entendeu.
Vontade de ter de novo
aquilo que se perdeu ...

***

Há flores que simbolizam
aspectos da humanidade:
morre logo o Amor-Perfeito,
vive muito uma Saudade ...

***

Nada existe de mais lindo,
nada mais encantador
do que seus lábios sorrindo
depois de um beijo de amor.

***

A chama quando se apaga
nas cinzas deixa o calor;
o amor, quando se acaba
nos corações deixa a dor.

***

Amor - mistério profundo,
milagre que enfeita o verso,
oferta de Deus ao mundo,
razão de ser do Universo.

***

Eu busco a felicidade
unicamente por que
quero, com toda humildade
dá-la inteirinha à você.

***

Não há meio de esquecer
esse amor que anda comigo:
- se acordo, penso em você,
- se durmo, sonho contigo.

***

De querer-te como eu quero
que culpa posso ter?
Bem sabes que sou sincero:
se te quero, é sem querer.