Total de visualizações de página

domingo, 30 de setembro de 2012

"É necessário saber a hora de desistir, saber quando a situação mais nos magoa do que nos acrescenta, não é fraco, é digno. Ninguém vem ao mundo com o intuito de sofrer e a felicidade não está amarrada aos pés de ninguém. A gente recomeça do zero, reinventa poesia quando faltar prosa. Desistência na maioria das vezes é excesso de coragem."


sábado, 29 de setembro de 2012

"Encerrando ciclos... Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. 
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos, não importa o nome que damos. O que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram. 

Foi despedido do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações? Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu. Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seu marido ou sua esposa, seus amigos, seus filhos, sua irmã... Todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado. 

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco. O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar. As coisas passam e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora. 

 Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem. Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar. Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas. Portanto, às vezes ganhamos e às vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando e nada mais. 

 Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal". Antes de começar um capítulo novo é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa... Nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade. Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante. 

 Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba. Mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é."


"Ninguém sabe do quanto de mim eu guardo numa caixa no canto do quarto. É aquela necessidade sempre infantil de se enxergar em proteção dentro de alguma coisa. Eu ainda sou assim." 

 — Camila Costa


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

"Desculpe o transtorno: estou em construção" 

 — Beto Quelhas

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

"Odeio circo. Aliás, odeio tudo que me encanta e depois vai embora."

 — Caio Fernando Abreu

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

''O amor precisa de duas coisas: tem que estar enraizado em liberdade e tem que conhecer a arte da confiança. Se essas duas coisas são disponibilizadas sua vida imediatamente começa a florescer como se de repente primavera chegou.A confiança não é alguém, não é uma relação. A confiança é uma qualidade em você.''

 - OSHO

Normal?

"Ela não é completamente normal. Nem anormal. Ela só é ela, com todos os seus cantos, esconderijos, degraus, pontes, abismos." 

 — Clarissa Corrêa

terça-feira, 25 de setembro de 2012

"Não existem segundas chances, porque nada volta a ser como era antes. Depois que algo é quebrado sempre vão existir marcas que vão provar que algo esteve errado. Não existe segundas chances quando um coração é magoado. Não existe outras oportunidades para algo que se deixou passar."

 — Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

"A gente pensa que está se afogando quando está só aprendendo a nadar."

 — Lubya H. (via verbalizando-sentimentos)

domingo, 23 de setembro de 2012

"Acho que todo mundo precisa ter um lado egoísta por questão de sobrevivência. Não dá pra viver a vida olhando para o lado, uma hora você precisa olhar para dentro. Todo mundo sabe o que quer. Mesmo que você ache que não, mesmo que seu pensamento seja traiçoeiro, mesmo que o mundo esteja caindo: você sabe o que quer."

 — Clarissa Corrêa.

sábado, 22 de setembro de 2012

"Quando algo de bom acontece em sua vida, você começa a ligar os pontos. 
O que ficou para trás, tinha que ter ficado."

 — Tati Bernardi

sexta-feira, 21 de setembro de 2012



"Dessa forma, eu digo: não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo. Não deixe de ter alguém ao seu lado, ou de fazer algo, por puro medo de ser feliz. A única falta que terá, será desse tempo que infelizmente… Não voltará mais."


- Mario Quintana


Quer?

"Quer? Então pega. Pega por inteiro. Minha parte boa, minha parte chata, minha parte cinza-chumbo. Crise de tpm, crise existencial, crise de riso, crise de choro. Não queira só um lado ou só algumas partes. Se quer (quer mesmo?), queira tudo. Completa e complicada. Simples e confusa. Dramática e exagerada. Não gosto de partes, gosto da coisa inteira. Metades não me agradam. Não me atraem. Não me satisfazem. Se eu te quero, quero 100%. Inteirinho. Com teu lado cretino e bonzinho. Com teu jeito arrogante e descontrolado. Tua doçura e acidez. Não me vem com mais ou menos. Nem vem. Nem, nem. Comigo é tudo ou nada. Mesmo. Quer?"

 — Clarissa Corrêa

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

"Por medo das partidas, tem gente que não deixa ninguém chegar."

 — Lucas Silveira.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

"Mais vale uma renúncia dolorosa, que permanecer onde seu coração está morrendo de inanição. A concessão sem limites não é amor, é desespero. E tentar segurar com força alguém que dá indícios de que está indo embora, é a forma mais humilhante de fazer com que ela alargue os próprios passos para longe. Ninguém pode restituir um amor que já foi embora - seria como tentar levar um punhado de água do mar para outra cidade na concha das mãos. A gente se apaixona pelo amor que o Outro tem por ele mesmo, depois pelo amor que descobrimos por nós mesmos. E aí, pelo encontro desses dois amores. Querer que o Outro fique nunca impediu que a porta fosse aberta e fechada logo em seguida, deixando apenas um rastro de perfume e um bocado de dor..." 

-  Marla de Queiroz

De: Pequenas Epifanias e outros devaneios
"Tem dias que é preciso vestir a roupa de adulto e atravessar a rua segurando bem forte a mão da vida." 

 — Clarissa Corrêa

terça-feira, 18 de setembro de 2012

"Eu sou uma eterna apaixonada por palavras, música e pessoas inteiras. Não me importa seu sobrenome, onde você nasceu, quanto carrega no bolso. Pessoas vazias são chatas e me dão sono." 

- Clarice Lispector
"Eu me preocupava bastante com o que queria ser quando crescesse, quanto ganharia ou se me tornaria alguém importante. Às vezes, as coisas que você mais quer, não acontecem. E às vezes, as coisas que jamais esperaria, acontecem. Você encontra milhares de pessoas e nenhuma delas te tocam, e então encontra uma pessoa, e sua vida muda. Pra sempre." 

- Amor e Outras Drogas.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

" Resolvi aceitar algumas coisas da vida, sem dor. Ninguém vai ser como você sonha, não espere consideração nem que os outros façam o que você faria. Não espere que valorizem seu esforço. Não espere que lhe ofereçam a mão. Apenas viva. Aceite que é preciso deixar o orgulho de lado e dizer preciso-de-você-agora. É preciso entender que o outro é diferente e de vez em quando ele vai lhe magoar (e você precisa lidar com isso, senão vive só). Não espere compreensão. Não espere que a vida seja fácil. Nem sempre ela é. Não espere para viver, tem coisa que não volta."

 - Clarissa Corrêa

domingo, 16 de setembro de 2012

"Sou meio estranha e já me conformei com isso. A gente não pode passar a vida brigando com a gente mesmo, senão fica aquela coisa de inimigo muito íntimo e isso é bem ruim. Eu sei que de vez em quando sou a minha pior inimiga, mas já entendi algumas coisas sobre mim, sei que preciso aceitar que o mundo é como é. Só que ainda vejo a vida com óculos de coração."

 - Clarissa Corrêa

sábado, 15 de setembro de 2012

"Desmediocrize sua vida. Procure seus “desaparecidos”, resgate seus afetos. Aprenda com quem tiver algo a ensinar, e ensine algo àqueles que estão engessados em suas teses de certo e errado. Troque experiências, troque risadas, troque carícias. Não é preciso chegar num momento limite para se dar conta disso. O enfrentamento das pequenas mortes que nos acontecem em vida já é o empurrão necessário. Morremos um pouco todos os dias, e todos os dias devemos procurar um final bonito antes de partir. "

- Martha Medeiros

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

"...quase todo mundo é obcecado por deixar uma marca no mundo. Transmitir um legado. Sobreviver à morte. Todos queremos ser lembrados ... Eu quero deixar uma marca. Mas as marcas que os seres humanos deixam são, com frequência, cicatrizes. (...) Mas aí eu quis mais tempo para que pudéssemos nos apaixonar. Creio que meu desejo mais realizado. Eu deixei a minha cicatriz. (...) Eu a amo. Sou muito sortudo por amá-la. Não dá para escolher se você vai ou não vai se ferir neste mundo, meu velho, mas é possível escolher quem vai feri-lo. Eu aceito as minhas escolhas. Espero que a Hazel aceite as dela". 

- A culpa é das estrelas (John Green)

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

“Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.” 

- Clarice Lispector

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

‎"No mesmo instante em que recebemos pedras em nosso caminho, flores estão sendo plantadas mais longe. Quem desiste não as vê."

- Shakespeare
“Uma nuvem não sabe por que se move em tal direção. Sente um impulso… É para este lugar que devo ir agora… Mas o céu sabe os motivos e desenhos por trás de todas as nuvens, e você também saberá, quando se erguer o suficiente para ver além dos horizontes.” 

-  Richard Bach em "Ilusões"

terça-feira, 11 de setembro de 2012

"Entendi que a vida não tece apenas uma teia de perdas mas nos proporciona uma sucessão de ganhos. O equilíbrio da balança depende muito do que soubermos e quisermos enxergar."´

-  Lya Luft

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

" Eu sei que em alguns presentes, no embrulho, laços do passado são aproveitados. Eu só queria que eles não fossem tão vermelhos: desses que doem nos olhos e no coração."

 - Marla de Queiroz

domingo, 9 de setembro de 2012

"‎(...)Homem que é homem de verdade, sabe as razões de ter escolhido, decidido por uma mulher. 
Então, por favor, no meu caso: não me mande recados, não rascunhe emails, não compre apenas a passagem para vir até a mim. 
 Não me elogie se isso não for verdade.
 Não tente me conquistar se não tem certeza. 
Não diga que gosta de mim, se quer apenas me adoçar. 
Não venha me oferecer solidariedade franciscana quando preciso é de amor.
 Não me ofereça a metade dos seus sentimentos, porque eu gosto do prato cheio. 
 Por gentileza, não me coloque no seu caderno, no seu MSN, nos seus contatos curativos. 
Não estou disponível para tratar de feridas alheias. Eu não me chamo Maria de tal. 
Tenho nome, identidade, carteira de trabalho, impressão digital e único DNA. Não me configure na sua coleção de figurinhas prediletas. 
 (...)Em caso de carência, minha mãe oferece seu colo imperdível. 
No último caso, eu esmurro a parede e faço o que toda mulher faz: choro! 
Mas nunca vou usar um coração alheio irresponsavelmente."


 - Ita Portugal
"Sabe o que quero de verdade? Jamais perder a sensibilidade, mesmo que às vezes ela arranhe um pouco a alma. Porque sem ela, não poderia mais sentir a mim mesma."

 Clarice Lispector

sábado, 8 de setembro de 2012

"Não me deem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. 
Não mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração! 
Não façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente. 
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão. 
Sou sempre eu mesma, mas não serei a mesma pra sempre!" 

-  Clarice Lispector

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

"Um balanço bastante usado, mas em condições estruturalmente boas, procura um novo lar. (...) Tudo é frágil e efêmero, caro leitor, mas com este balanço seu filho conhecerá os altos e baixos da vida devagar e com segurança, e também poderá aprender a lição mais crucial de todas: não importa quão forte seja o impulso, não importa o quão alto se chegue, não será possível dar uma volta completa". 

-  A culpa é das estrelas - John Green

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

"Não saio muito bem em fotografias. Porque meu melhor lado a foto não pega. Não me faz bela ou me faz jus. Porque meu melhor lado não é o esquerdo. Não é o direito. É o de dentro."

 Lilian Dalledone

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

" Minha prima também já partiu meu coração. Uma vez brigamos e nos dissemos coisas feias. Também parti o dela, eu sei. Minha melhor amiga já partiu meu coração. Meu pai já partiu meu coração. Minha mãe. Meu irmão. E eu já parti o coração de todos eles. Oh, que pessoa horrível eu sou. Oh, que pessoas horríveis eles são. Que nada. Partir o coração do outro é a coisa mais natural do mundo. E só acontece porque a gente espera uma coisa e recebe outra. Isso se chama expectativa. Quando ela não é correspondida dá um vazio dentro do peito. Isso se chama decepção. E tudo isso existe desde que o mundo é mundo. Só precisamos aprender a lidar. Confesso que tento diariamente." 

- Clarissa Corrêa.


"Para um cão,você não precisa de carrões,de grandes casas ou roupas de marca. Símbolos de status não significavam nada para ele. Um graveto já está ótimo. Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro. Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Dê seu coração a ele, e ele lhe dara o dele. É realmente muito simples, mas, mesmo assim, nós humanos, tão mais sábios e sofisticados, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não. De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?" 

- Marley e eu

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Jogo da vida

''O destino é o que baralha as cartas, mas nós somos os que jogamos.'' 

- SHAKESPEARE

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

"Maturidade é aceitar ainda que doa, que algumas coisas não acontecem exatamente quando queremos, mas quando tem que ser. 
Maturidade é aceitar o que merecemos, e deixar de lutar apenas por aquilo que achamos que queremos. 
Não se trata de conformismo, mas sim de entendimento.
 Ao crescermos entendemos que o que é nosso, nos pertence, sem lutas, sem desgastes, e que amor deve ser sempre recíproco. 
Maturidade é entender que as vezes o silêncio também é resposta, e que nem tudo precisa ser dito. Que em algumas situações as palavras tornam-se insuficientes. 
Maturidade é saber que mudanças são necessárias, que nada é estático, nada é permanente. É aceitar as novas coisas que a vida nos traz. 
Crescer, é aceitar com leveza que algumas coisas não sairão como o esperado, mas também é entender que lá adiante outras darão tão certo, que nos farão esquecer do dia que deram errado." 

- Imelda Sitole

domingo, 2 de setembro de 2012

“Aperta o meu coração uma vontade de dizer sem saber se o outro quer ouvir: cuida de você, você pode, você é capaz, não fica aí nesse lugar. Vontade de dizer, compassiva, com empatia, porque eu muitas vezes também fiquei esperando. Até começar a entender que, depois que a gente cresce, a proteção amorosa, o suporte, a delicadeza, precisam começar na nossa relação com nós mesmos… 

 Uma benção receber amor. Mas quando a gente dói, a gente precisa saber formas de cuidar da própria dor com o jeito carinhoso com que gostaríamos de ser cuidados pelos outros, com a delicadeza com que cuidamos de outras pessoas. A gente precisa se ter, antes de tudo. O beijo precisa começar em nós.” 

- Ana Jácomo

sábado, 1 de setembro de 2012

" -  (...) 'Sempre' era uma promessa! Como é que você pode não cumprir uma promessa desse jeito?
- Às vezes as pessoas não têm noção das promessas que estão fazendo no momento em que as fazem - falei.
O Isaac me lançou um olhar ferino.
- Tá, tem razão. Mas você cumpre a promessa mesmo assim. Amar é isso. Amar é cumprir a promessa mesmo assim. Você não acredita em amor verdadeiro?"


A culpa é das estrelas - John Green