Total de visualizações de página

domingo, 23 de novembro de 2014

"Seja o arco-íris na nuvem de alguém".

- Maya Angelou em "826 notas de amor para Emma" 


sábado, 22 de novembro de 2014

"Ou nós nos fazemos infelizes
ou nos tornamos fortes.
A quantidade de trabalho é a mesma".

- Carlos Castaneda


sexta-feira, 21 de novembro de 2014

"Toda caminhada começa com um primeiro passo. Seja onde que você esteja neste momento, este é seu ponto de partida. Muitos dos nossos sonhos vão sendo deixados de lado por causa de distorções de pensamento do tipo 'já estou velho demais', ...'isso não é para mim', 'é muito difícil' ou 'não dá mais tempo'...
Dá tempo. Se você estiver vivo, dá tempo. A verdade é que nós nunca sabemos quanto tempo temos por aqui, mas enquanto estiver oxigênio entrando nos seus pulmões, existe a esperança..."


A parábola do lápis

O fabricante de lápis falou com cada um deles:

(PS: Entre no clima e não fique questionando a sanidade mental do cara que está conversando com seus lápis) ...

"Existem cinco coisas que vocês precisam saber antes de eu lhes enviar para o mundo. Lembrem sempre delas e vocês se tornarão os melhores lápis que poderão ser. 
1 - Vocês poderão fazer muitas e grandes coisas, mas só se permitirem estarem seguros na mão de Alguém.
2 - Vocês experimentarão um doloroso processo de serem afiados de vez em quando, mas isto é necessário se quiserem se tornar lápis melhores.
3 - Vocês têm a habilidade de corrigir qualquer mal entendido que puderem causar.
4 - A parte mais importante de cada um estará sempre do lado de dentro.
5 - Não importam as condições, vocês devem continuar a escrever. Deverão deixar uma marca clara e legível, não importa quão difícil seja a situação."

Todos os lápis entenderam, prometendo lembrar-se sempre, e entraram na caixa, compreendendo bem o propósito de seu fabricante.

- E vai ver é por isso que eu coleciono lápis ...  


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

"Eu encontrei um bando de crianças, um com uma pipa na mão e as outras atrás dizendo: 'Batiza, batiza, batiza!' Eu parei e disse: 'Gente, o quê que é isso, quê cês tão batizando?' 
Aí o menino disse assim: 'Aquela pipa, porque o menino usou o fio inteiro da linha.
A pipa é batizada e ninguém mais pode cortar ela'.
E aí eu associei: brincar, pra mim, é usar o fio inteiro de cada ser. 
Quando você tá usando o seu fio de vida inteiro, você tá brincando.
E é profundamente sério isso".


- Tarja Branca 


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

"Deus me livre de gente que não entende que a beleza está na essência que a melhor riqueza é a da alma e que as experiências amadurecem. Gente que não sabe o valor do abraço que acolhe e da mão que aceita, da música que embala, do colo que serve de descanso. Gente que pensa que as coisas não mudam. Elas mudam continuamente. Gente que usa da vaidade que deturpa, do orgulho que afasta. Precisamos de gente que acredita na fé que fortalece e no amor que abastece, faz rir, distrai, enrosca, toca, cura, salva e tem a chance de ser maior do que a gente pensa . É essa gente que, sutil ou não , faz a diferença."

( Ita Portugal)


"Solitários, somos todos, faz parte da nossa essência. Não é um defeito de fabricação ou prova de nossa inadequação ao mundo, ao contrário: muitas vezes, a solidão confirma nossa dignidade quando não se está a fim de negociar nossos desejos em troca de companhia temporária.

-   Caio Fernando Abreu  


terça-feira, 18 de novembro de 2014

"Se doeu tem que falar. Se incomodou tem que explicar. Se tá ruim tem que ajeitar. Se estragou tem que consertar. Ou então jogar fora. Entende? 
Não dá pra passar a vida inteira com as coisas entaladas na garganta,
 feito espinha de peixe que não desce e arranha toda vez que a gente engole.

  - Clarissa Corrêa


segunda-feira, 17 de novembro de 2014


"As pessoas não se apaixonam muito hoje em dia, ninguém mais oferece moletons quando você está molhado. Elas preferem estudar, ganhar dinheiro e viver outras experiências. Faça uma enquete rápida e concluirá que quase ninguém crê no amor. Quando mais você sabe da vida, menos você se apaixona. A paixão nasce da ignorância: quanto menos sei sobre você, e mais eu quero saber, mais vulnerável eu fico."

— Gabito Nunes


domingo, 16 de novembro de 2014

"Não force uma pessoa a ver através dos seus olhos 
quando ela tem seus próprios olhos.
 E, por favor, não coloque seus óculos nos olhos de ninguém; 
seus graus são diferentes."

 - Osho 


sábado, 15 de novembro de 2014

"Já passei boa parte da vida imaginando um futuro lindo. Hoje eu me preocupo em arregaçar as mangas, jogar a lamúria na primeira lata de lixo e começar a trabalhar para que as coisas aconteçam. As lindezas do mundo são muitas, mas nada vem de graça."

- Clarissa Corrêa






sexta-feira, 14 de novembro de 2014

"Eu acho que o brincar é uma forma que a gente tem de organizar o nosso mundo, 
criando um mundo paralelo ao mundo que a gente vive mergulhado cotidianamente."

Tarja Branca 


quinta-feira, 13 de novembro de 2014

"Não passam as dores, também não passam as alegrias. Tudo o que nos fez feliz ou infeliz serve pra montar o quebra-cabeça da nossa vida, um quebra-cabeça de cem mil peças. Aquela noite que você não conseguiu parar de chorar, aquele dia que você ficou caminhando sem saber para onde ir, aquele beijo cinematográfico que você recebeu, aquela visita surpresa que ela lhe fez, o parto do seu filho, a bronca do seu pai, a demissão injusta, o acidente que lhe deixou cicatrizes, tudo isso vai, aos pouquinhos, formando quem você é. Não há nenhuma peça que não se encaixe. Todas são aproveitáveis. Como são muitas, você pode esquecer de algumas, e a isso chamamos de "passou". Não passou. Está lá dentro, meio perdida, mas quando você menos esperar, ela será necessária para você completar o jogo e se enxergar por inteiro."

- Martha Medeiros



quarta-feira, 12 de novembro de 2014

"Todos os amores deveriam ser possíveis. Pessoas não deveriam chegar nem antes, nem depois. Tudo deveria ser exatidão, pontualidade vital para que o amor aconteça. A terra deveria girar com esse único propósito: o encontro das almas. O resto seria resto e tudo seria para sempre. Brilhar para sempre, brilhar como um faról. Brilhar com brilho eterno."

- Maiakóvski


terça-feira, 11 de novembro de 2014

"Alguns jamais vão entender os caminhos do coração. 
É bem verdade que existem regras que dizem ser as regras do amor. Seria o que foi estabelecido por uma sociedade cheia de conceitos e preconceitos? Sim,porém, melhor seria se nos entregássemos ao que nos faz seres humanos melhores. A única fórmula é fugir das regras e deixar a emoção fluir por caminhos desconhecidos e sentir o pulsar do coração ao lado do quem nos traz a tal da felicidade. "

- Denise Portes



segunda-feira, 10 de novembro de 2014

"[Brincar é] afirmar a vida. É, antes de mais nada, alegria. 
É viver ... em plenitude e liberdade.
E é no brinquedo, é no brincar, que a gente vive isso".

- Tarja Branca 


Que final de semana maravilhoso, não saí de casa mas entrei pra dentro de mim, acompanhada pelas histórias do Teleton, pelo filme "A delicadeza do amor" e pelo perfeito documentário "Tarja Branca" (mobilizada pela oficina da minha querida colega de Mestrado, Débora) - bendita Netflix! E teve a entrevista da Fafi Siqueira na Marília Gabriela, que fala da importância do bom-humor ... E teve a transcrição da primeira roda de conversa que fiz com minhas colegas/parceiras de trabalho e de afetos (gratidão à cada uma) ... E fiquei pensando que a vida é isso: sabedoria para vivenciar os encontros, sem perder o bom-humor e a alegria, por mais que seja difícil, pra não se perder de nós mesmos ...
Uma ótima semana a todos, com alegria e, trago a pergunta que a Debora levou pra dinâmica:
"O que a criança que você foi um dia falaria pra você hoje?"
A minha falaria: "Você continua sendo chorona, mas também ri à toa ... Que bom!"  Talvez não devesse ter acreditado tanto nos amores de novela do Cristiano e da Simone (em Selva de Pedra) ou do Afonso e da Solange (em Vale Tudo), mas bom, eles também passaram por mil e uma reviravoltas hahaha mas você tem aprendido que o amor aparece nas mais diferentes formas, e essa pode ter sido a lição mais preciosa. Gosto da sua coleção de lápis, mas não sei se é bom sinal você ainda ter guardada nossa coleção de papel de carta ... Freud explica isso? Fico feliz porque, chegando aos quarenta anos, a gente ainda lembra a letra da maioria das músicas do Balão Mágico, Trem da Alegria e do Dominó, e nessas horas em que a gente canta junto eu vejo que ainda tô aqui ... Não entendo porque você odeia o Renato Aragão agora, a gente adorava os Trapalhões ... pensando bem, entendo sim ... era uma coisa completamente diferente. Se cuida, continue acreditando, como até hoje, que você teve a sorte de encontrar os melhores pais do mundo, e tente fazer com que seus filhos pensem isso também. Beijo."
Pronto, era uma frase e virou carta.

Minha criança interior é assim, fala pelos cotovelos ... hahahaha


"A vida tem me mostrado que dos erros que cometo 
saem minhas melhores reviravoltas." 

- Fernanda Gaona


domingo, 9 de novembro de 2014

"E uma das coisas que eu mais me lembro é ficar às vezes fazendo aqueles castelinhos de areia ... Sabe como é que é? Molha a areia e vai fazendo, pingando, pingando, pingando, pingando ... De repente ele desmancha todo, aí você começa de novo. Eu acho que minha vida foi isso, eu fiquei pingando ..."

- Maria Amélia Pereira


Imagine uma lagarta. Passa grande parte de sua vida no chão,
olhando os pássaros, indignada com seu destino e com sua forma.
"Sou a mais desprezível das criaturas", pensa.
"Feia, repulsiva, condenada a rastejar pela terra."
Um dia, entretanto, a Natureza pede que faça um casulo.
A lagarta se assusta - jamais fizera um casulo antes.
Pensa que está construindo seu túmulo, e prepara-se para morrer.
Embora indignada com a vida que levou até então,
reclama novamente com Deus.
"Quando finalmente me acostumei, o Senhor me tira o pouco que tenho."
Desesperada, tranca-se no casulo e aguarda o fim.
Alguns dias depois, vê-se transformada numa linda borboleta.
Pode passear pelos céus, e ser admirada pelos homens.
Surpreende-se com o sentido da vida e com os desígnios de Deus.


sábado, 8 de novembro de 2014

Castelos de areia

"São as pequenas coisas que nos ensinam muito.
Num dia de verão, eu estava na praia, espiando duas crianças na areia. 
Trabalhavam muito, construindo um castelo de areia molhada, com torres,
passarelas e passagens internas.
Quando estavam perto do final do projeto, veio uma onda e destruiu tudo,
reduzindo o castelo à um monte de areia e espuma.

Achei que as crianças cairiam no choro, depois de tanto esforço e cuidado, 
mas tive uma surpresa: em vez de chorar, correram para a praia,
fugindo da água, rindo, de mãos dadas e começaram a construir
outro castelo.

Compreendi que havia recebido uma importante lição:
tudo em nossas vidas, todas as coisas que gastam tanto
do nosso tempo e energia para construir, tudo é feito de areia ...
Só o que permanece é o nosso relacionamento com as outras pessoas. 
Mais cedo ou mais tarde, a onda virá e irá desfazer o que 
levamos tanto tempo para construir.

Quando isso acontecer, somente aquele que tem as mãos 
de alguém para segurar será capaz de rir".

- Desconheço o autor 


sexta-feira, 7 de novembro de 2014

"A felicidade às vezes é uma benção,
mas geralmente é uma conquista".



Amor romântico e amor genuíno

Delicadeza não se ensina, é diferente do respeito. Delicadeza é temperamento, não se obtém com a idade, não é uma promoção da sensibilidade, não vem com a educação ou com a imitação dos pais. Delicadeza é um defeito maravilhoso, uma entrega irreversível. É uma loucura do bem, uma paranóia sadia. Oferecer mais do que foi pedido, oferecer-se á toa. Sucumbo diante da delicadeza: a delicadeza é gentileza refinada.

Não é um hábito, mas uma missão.

A delicadeza é vontade de abraçar com as palavras, beijar com as palavras, assumir as palavras. Gentileza não é para qualquer um. Não é boa ação , não é ajudar alguém atravessar a rua, mas ajudar a atravessar o rosto. Gentileza não pede recompensa, não conta pontos ao paraíso. Gentileza é ser mais do que estar. É cuidar sem precisar ser cuidado. É compreender sem necessitar perguntar. É uma compaixão por aquilo que não presta, mas que tem muito sentido. É passar livros que se gosta adiante, roupas que se gosta adiante, lembranças que se gosta adiante. Quem acumula não é gentil, gentil é quem não se economiza, não deseja colecionar pertecimentos. Delicadeza é uma felicidade que não acaba nem com a tristeza. É uma gana de viver que não termina nem com a dor. Delicados são os que guardam uma letra de música para dizer um dia a sua companhia predileta, é dançar coladinho na sala com a própria voz, é lavar pratinhos dos vasos na chuva.É se importar com aquilo que tem necessidade, é criar necessidades do nada. É perder tempo pensando no outro mais do que em si mesmo, é ceder espaço para o outro mais do que a si mesmo. É um gesto natural, amar a disposição, amar o que vem pelo acaso, amar o capricho, fazer as coisas tão acabadas que o embrulho é o próprio presente. Gentileza é uma paixão responsável.É quase uma telepatia se não fosse presença completa. A presença é sempre maior do que a telepatia.

Gentileza nunca é forçada, é espontânea ou não é, não pode ser explicada, não pode ser cobrada.

Ela não ocorre uma vez ao dia – ela é um estado permanente da audição, é segurar o mundo pelos ouvidos. A gentileza é a generosidade mais verdadeira, porque não depende de ninguém, não é um investimento, não traz juros para fé. Irrompe como um riso, e não tem autoria como a alegria.
É de todos em você.

- Fabrício Carpinejar







"O amor nunca falha, e a vida não falhará enquanto houver amor.
O pior destino que um homem pode ter é viver e morrer sozinho,
sem amar e sem ser amado.
O poder da vontade não transforma o homem.
O tempo não transforma o homem.
O amor transforma".

- Paulo Coelho





quinta-feira, 6 de novembro de 2014

"Nem tudo o que busco é flor,
Nem tudo o que encontro é luz,
Nem tudo o que amo é céu,
Nem tudo o que crio é cor,
Mas tudo o que encontro é busca
e tudo o que busco é Amor."  


"Saudades do teu abraço
que não sinto mais o calor ...
Saudades do teu beijo
que não sinto mais o sabor ...
Saudades, tenho demais
Daqueles tempos que se forma
e não voltarão jamais ..." 


quarta-feira, 5 de novembro de 2014



"Vivemos numa época que não quer ser marcada. A maioria de nós tenta escapar das rugas, essas cicatrizes do rosto, de todas as formas - algumas delas bem violentas. 
[...] Não há jeito de morrer sem marcas porque não há jeito de viver sem ser marcado pela vida. Mesmo os bebês, que por alguma razão morrem ao nascer, já trazem no corpo a primeira marca fundadora: o corte do cordão umbilical que lhes arrancou de dentro da mãe. O umbigo é nossa primeira cicatriz, aquela que nos unifica.

Se a tecnologia conseguir inventar um ser humano sem marcas é porque desinventou o ser humano. Podemos talvez um dia apagar todas as marcas visíveis, tatuadas no corpo. Mas nunca haverá uma cirurgia capaz de eliminar as marcas da alma.
[...] E o que nos humaniza é a capacidade de criar algo vivo 
com nossas marcas de morte."

- Eliane Brum em "A vida se faz nas marcas"



     

terça-feira, 4 de novembro de 2014

"Quando somos amados, aqueles que nos amam querem que sejamos o que somos, não o que eles são.
Alegram-se por estarmos crescendo com nossas ideias, nossos sonhos, nossa individualidade, nosso futuro.
Querem que sejamos independentes e livres, não submissos e medrosos.
Aqueles que nos amam querem simplificar nossa existência, não protegendo-nos da dor, mas estando presentes quando precisamos deles.
Encorajam os riscos porque compreendem que, nos arriscando, continuamos a crescer.
Ajudam-nos a encontrar alternativas para nosso comportamento, alegrando-se com nosso sucesso e trazendo consolo para nossos fracassos. 
Não são apenas amantes, mas amigos, fiéis e dispostos a dar um desconto nas nossas imperfeições".

- Leo Buscaglia em "O Paraíso fica perto"   


segunda-feira, 3 de novembro de 2014

"Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. 
É isso que impede o tempo e atrasa a ruga."

- Mia Couto