Total de visualizações de página

quarta-feira, 27 de julho de 2016

"Eu sou o que posso, na medida em que me permitem.
Quando posso eu ultrapasso as fronteiras...
Quando não posso do meu limite faço arte.
Sou semelhante ao rio.
Se me barram, eu aprofundo"

- Pe.Fábio de Mello


Nenhum comentário:

Postar um comentário