Total de visualizações de página

terça-feira, 11 de agosto de 2015

- Do filme: O fabuloso destino de Amélie Poulain

Após encontrar a lata com seus brinquedos de infância, Bretodeau entra no bar enxugando os olhos, e pede uma bebida. Amélie está sentada no banquinho ao lado. Bretodeau comenta que algo incrível acaba de lhe acontecer, algo que deve ter sido obra de seu anjo da guarda. Vira-se para Amélie e diz:

"Para a criança, o tempo não passa. E de repente, temos 50 anos. E o que sobra da infância cabe numa pequena caixa ... Tenho uma filha mais ou menos da sua idade. Não nos falamos há anos. Parece que teve um filho ... Acho que é hora de ir vê-los, antes que eu também acabe numa caixa!"

Amélie se encanta com o alcance de sua ação. "Se sente em harmonia com ela mesma. A vida lhe parece tão simples, que um elã de amor, como o desejo de ajudar toda a humanidade, a toma de repente".    



Nenhum comentário:

Postar um comentário