Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

" E então você não quis mais nada disso. E parou com a possibilidade de dor, o que nunca se faz impunemente. Apenas parou e nada encontrou além disso. Eu não digo que eu tenha muito, mas tenho ainda a procura intensa e uma esperança violenta".

- Clarice Lispector in "Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres" (p. 47)




Um comentário:

  1. Olá! Grande Clarice. Seus versos são tão intensos que às vezes precisa-se de mais do que refletir! abraços

    ResponderExcluir