Total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

"Sou a orelha encostada na concha
da vida, sou construção e desmoronamento,
servo e senhor, e sou mistério.

A quatro mãos escrevemos este roteiro
para o palco de meu tempo:
o meu destino e eu.
Nem sempre estamos afinados,
nem sempre nos levamos 
a sério."

- Lya Luft



Nenhum comentário:

Postar um comentário