Total de visualizações de página

domingo, 28 de setembro de 2014

"Carência é algo como comparar sua vida com um automóvel.
Cada pessoa recebe uma vida para gerenciar e melhorar a si mesmo. Uma vida para dirigir na estrada do aprimoramento e na construção da autoestima. O carente é aquele que confia o volante da sua vida para algumas pessoas.
Essas pessoas nem sempre vão guiar o carro na direção correta da estrada que pertence ao carente. Farão desvios, atalhos e vão usar a contramão decepcionando a você que deveria estar no volante da sua existência.
Será por que o carente faz isso?
Porque ele acredita que outras pessoas podem fazer por ele o que ele tem que fazer por si, e também porque ele não confia na sua própria direção achando-se incapaz de conduzir seu automóvel na direção certa e com segurança necessária.
E pior é que quando os motoristas a quem ele confiou o volante saem do trajeto e colocam o carente mais longe de sua própria rota, ele ainda reclama dos outros, fazendo-se de vitima da vida.
Fica magoado com as pessoas a quem delegou confiança e quando vê seu automóvel dilacerado e fora do curso de sua felicidade tenta culpa-los por isso.
Assuma o volante da sua vida, peça a todos para descerem do carro da sua vida e prossiga sua jornada. Somente depois de um tempo, quando mais maduro e consciente de seu roteiro, escolha quem você quer por perto.
Entretanto, nunca passe o volante a mais ninguém."

- Wanderley Oliveira




Nenhum comentário:

Postar um comentário