Total de visualizações de página

sábado, 22 de abril de 2017

"Todo amor verdadeiro profundo é um sacrifício. Sacrificamos nossas possibilidades, ou melhor, a ilusão de nossas possibilidades. Quando não há esse sacrifício, nossas ilusões impedirão o surgimento do sentimento profundo e responsável, mas com isso também somos privados da possibilidade da experiência do amor verdadeiro. 
(...) O amor é como Deus: ambos só se oferecem a seus serviçais mais corajosos." 

- C.G. Jung



Nenhum comentário:

Postar um comentário