Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

"Entre as pessoas que se amam, ouve-se muitas vezes um refrão: 
'eu vou te amar se ...'
Há, nesse caso, condições e exigências específicas que simplesmente não dão certo.
E que apontam para o amor como barganha, o amor como troca, com a ameaça da pessoa perdê-lo como possibilidade perene.
'Vou te amar se você estiver sempre de acordo comigo'.
'Vou te amar se você ficar sempre ao meu lado'.
É sempre difícil atender a essas expectativas. E a perplexidade tanto mais aumenta
quando o amor é usado como trampolim. A mensagem deveria ser:
'Eu vou te amar, o resto não interessa. Não se preocupe em perder o meu amor'.
É um perigo tentar remodelar outro ser humano, sobretudo
quando usamos de nosso amor como arma para consegui-lo".

- Leo Buscaglia in "Nascido para amar" (p. 172)










Nenhum comentário:

Postar um comentário