Total de visualizações de página

domingo, 26 de abril de 2015

"Você dá preferência aos produtos orgânicos? Vai ao supermercado com sua ecobag a tiracolo? Separa o lixo? Se a resposta é sim, parabéns. Mas se, por outro lado, costuma atrair gente que suga sua energia, tem amigos descartáveis e amores asfixiantes ... Talvez seja o momento de rever suas relações pela ótica da ecologia emocional. Porque no mundo dos sentimentos os recursos também são limitados. 

Uma relação tóxica é aquela que sufoca, anula ou não permite que as pessoas cresçam ou sejam elas mesmas, enquanto uma parceria emocionalmente ecológica é aquela baseada em autonomia e independência, vinculada por amor e respeito.
A reciclagem emocional não se refere apenas aos relacionamentos, mas também ao 'lixo' emocional que pode acumular dentro de cada um. 'Sentimentos como raiva, rancor, mandam mensagens negativas ao inconsciente'. O primeiro passo é assumir que as emoções não são boas ou más e que ninguém precisa se culpar por senti-las. 'Só temos de dar conta da ação gerada pelos sentimentos. Porque essa ação tem um impacto ambiental: uma pessoa irritada contamina todos em volta'. 

Crie seu espaço de proteção ambiental, cultivando auto-estima e sentimentos como serenidade, amor e gratidão.

CHEQUE SEU ECOSSISTEMA

Adubo (ou vitamina): Sentimentos que fornecem nutrientes e energia emocional, como gratidão, ternura e carinho.

Lixo: Resíduos de emoções mal administradas. Contamina o meio em forma de agressões verbais e condutas destrutivas.

Contaminação: Mau humor, irritação, rancor e ressentimento são sentimentos contagiosos! Podem, inclusive, poluir o clima emocional global.

Biodegradável:  As emoções podem mudar, evoluir, ou até mesmo, desaparecer. Se retivermos esses sentimentos, eles podem nos envenenar. Alguns podem se transformar positivamente, quando canalizados para uma ação reparadora. Por exemplo: quando a ira leva à reparação de uma injustiça, ou a inveja, a uma superação pessoal.

Reservas: Situações agradáveis que devemos guardar na lembrança para evocar nos momentos difíceis, trazendo à tona emoções positivas.

Buraco na camada de ozônio: Ausência de proteção externa. Falta do 'filtro' emocional que causa a aceitação das críticas negativas. O resultado é insegurança e baixa auto-estima."

- Marie Claire, Novembro de 2008
  "Ecologia Emocional: Livre-se das relações tóxicas" 




Nenhum comentário:

Postar um comentário