Total de visualizações de página

terça-feira, 14 de abril de 2015

"Das princesas dos contos de fadas, a Bela Adormecida é a mais passiva, a começar pelo seu nome. Sua característica principal é a beleza inerte, objeto de cuidado e de contemplação por parte da Corte e do seu príncipe, que vem a conhecê-la no sono enfeitiçado. [...]

Apreciamos os amados em geral dormindo, não há mãe que não tenha ataques de ternura ao ver seus anjinhos adormecidos. É extremamente sedutora a visão dos rostos corados, os lábios entreabertos, a respiração tranquila dos seres entregues ao sono, sem controle sobre seus corpos, inconscientes da força dessa presença apaixonada que os possui com os olhos. O filho e o ser amado adormecidos são perfeitos, são possessões inermes, desarmadas, à mercê da nossa idealização".

- Corso e Corso em "Fadas no Divã" (p. 86)  


Nenhum comentário:

Postar um comentário