Total de visualizações de página

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

"Quando me tornei repórter, tentei fazer da minha escrita um espelho amoroso no qual as pessoas cujas histórias eu contava pudessem se enxergar, descobrir-se habitantes do território das possibilidades e viver segundo seus próprios mistérios. Ser contadora de histórias reais é acolher a vida para transformá-la em narrativa da vida. É só como história contada que podemos existir."

- Eliane Brum in "Meus desacontecimentos" (p. 111).




Nenhum comentário:

Postar um comentário