Total de visualizações de página

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

"O monge Tchich Nhat Hahn diz que quando achamos que outra pessoa causou uma emoção em nós (irritação, ódio, frustração, decepção), na verdade esse sentimento já estava aí dentro como se fosse uma semente. O outro apenas regou a semente, que cresceu. E ela ter crescido é bom! Pode parecer doido dizer isso, mas pense comigo: você já carregava essa emoção reprimida. Agora alguém surgiu para lhe dar a oportunidade de cura e ajudá-lo a se desenvolver.

Comece a prestar atenção nas emoções que surgem ao longo do dia. Lembre-se que você nunca está chateado pelo motivo que pensa. Faça o exercício. 'Meu namorado me magoou'. Não, é você que está com medo. Pode ser de ficar sozinha, de não ser boa o bastante, de que nunca ninguém vai amá-la. E olha que lindo ... isso não foi causado pelo namorado."

- Paula Abreu na revista Vida Simples (janeiro de 2017).


Nenhum comentário:

Postar um comentário