Total de visualizações de página

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

"Não adianta ficar refém do medo. 
Independente dele, as coisas vão ou não acontecer. 
Não faz sentido ficar martelando no “e se” ou no “talvez”. 
Na maior parte das vezes eles só atrapalham a vida e 
causam rugas precoces no meio da testa".

- Clarissa Corrêa


Nenhum comentário:

Postar um comentário