Total de visualizações de página

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

"Estava internada num hospício, e podia sentir coisas que os seres humanos escondem de si mesmos - porque somos todos educados apenas para amar, aceitar, tentar descobrir uma saída, evitar o conflito. Veronika odiava tudo, mas odiava principalmente a maneira como conduzira sua vida - sem jamais descobrir as centenas de outras Veronikas que habitavam dentro dela, e que eram interessantes, loucas, curiosas, corajosas, arriscadas."

- Paulo Coelho in "Veronika decide morrer" (p. 73)



Nenhum comentário:

Postar um comentário