Total de visualizações de página

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015


"Quero não ter nenhuma condescendência com o tédio, não ser forçada a aceitá-lo na minha rotina como um inquilino inevitável. A cada manhã, exijo ao menos a expectativa de uma surpresa, quer ela aconteça ou não. Expectativa, por si só, já é um entusiasmo.

Quero que o fato de ter uma vida prática e sensata não me roube o direito ao desatino. Que eu nunca aceite a idéia de que a maturidade exige um certo conformismo. Que eu não tenha medo nem vergonha de ainda desejar.

Quero uma primeira vez outra vez. Um primeiro beijo em alguém que ainda não conheço, uma primeira caminhada por uma nova cidade, uma primeira estréia em algo que nunca fiz, quero seguir desfazendo as virgindades que ainda carrego, quero ter sensações inéditas até o fim dos meus dias."


- Martha Medeiros em "O que mais você quer?" 


2 comentários:

  1. Lindo esse texto. Sempre penso sobre esse trecho "Que eu nunca aceite a idéia de que a maturidade exige um certo conformismo". Gostei muito do seu blog , irei seguir com certeza ! Boa semana !

    ResponderExcluir
  2. Bom site !
    Visitem https://www.facebook.com/escreveme

    ResponderExcluir