Total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

"Torne-se um amante - não de uma pessoa em particular, mas um amante em geral. Deixe o amor se tornar sua qualidade, não apenas um relacionamento com uma pessoa, pois sempre que o amor se torna um relacionamento ele inclui um ser e exclui todo o universo.

Essa troca - incluir alguém e excluir o universo - é bastante perigosa, visto que todo o universo pertence a você e você pertence a ele. O universo inteiro jorra amor em você, e não responder a isso é um gesto de ingratidão.

Portanto, ame o sol, a lua, as estrelas, as árvores, os rios, as montanhas, as pessoas, os animais - simplesmente seja um amante e deixe que o todo seja seu amado. É exatamente isso que faz uma pessoa ser religiosa.

Quando seu amor se espalha por todo o espaço, quando não conhece fronteiras, quando nada o confina, quando ele é ilimitado, quando não se concentra em nenhum objeto, mas é apenas um estado de ser, aí o amor é uma oração, aí o amor é meditação, aí o amor é libertação."

- Osho


Nenhum comentário:

Postar um comentário