Total de visualizações de página

segunda-feira, 13 de maio de 2013


"Estou tão feliz. Estou feliz porque não preciso pedir licença para existir. Para amar. Estou tão feliz porque o dia amanheceu tão branco amenizando meus vermelhos. Feliz como alguém que apaga a vela e percebe que a luz sempre esteve acesa. Estou feliz porque há vida e potenciais a serem desenvolvidos. Estou feliz por ter aprendido a tornar simples o que não é fácil. E isto é uma pequena sabedoria. Isto é uma forma de saber que eu terei mais um bom dia. Desejo boas notícias."

- Marla de Queiroz


Um comentário: