Total de visualizações de página

sábado, 4 de maio de 2013


A maioria das pessoas usa o relacionamento para culpar o outro por coisas que não fez. Culpar o companheiro por ele próprio não ter conseguido levar adiante um plano de vida. Limitamos mais o outro do que o ajudamos a ser tudo o que ele poderia ser. Idealmente, um bom relacionamento seria um relacionamento que potencializasse o que o outro tem de melhor, mesmo que isso desviasse do plano inicial de cada um.

Quando a gente fala de outro tipo de relação, logo acham que um dos dois quer pular a cerca. Não é isso. Se a mulher do Amyr Klink tivesse dito: “Eu quero que você jante em casa todas as noites”, ia ser um problema. E a gente não teria tido o Amyr Klink. Ele teria reprimido uma potencialidade muito importante. Ela sofreu? Deve ter sofrido. Mas relacionamento é isso. É querer que o outro dê o máximo de si. Não a nós, mas a ele mesmo.

- Contardo Calligaris


Nenhum comentário:

Postar um comentário