Total de visualizações de página

segunda-feira, 27 de junho de 2016

"Diz um personagem secundário [do filme Antes da meia-noite]: 
'O amor que sentimos por alguém não é o mais importante, 
o que interessa é o amor que sentimos pela vida'. 
Sábias palavras. Se o casal concorda que a vida é breve e merece ser apreciada com alegria e generosidade, sem valorização das encrencas, sem perpetuar traumas de infância, sem pensamentos estreitos, sem nenhuma espécie de rigidez, a relação poderá vir a ser um passeio no campo. 
Ame a  vida, e meio caminho andado para um romance leve."

- Martha Medeiros in "As chatonildas"


Nenhum comentário:

Postar um comentário