Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de junho de 2016

"[...] Leonard Scheff e Susan Edmiston nos propõem um exercício de imaginação bem interessante no começo do livro A Vaca no Estacionamento (Fontanar). Vamos supor que você entre numa garagem de supermercado, louco para pegar a única vaga que sobrou. De repente, um carro passa na sua frente e entra naquele lugar. E você está pronto para espumar de raiva com isso. Mas os autores lançam uma pergunta: e se fosse uma vaca que tivesse ocupado o lugar? Você estaria tão irritado assim?

Para a maioria das pessoas, o encontro inesperado com a vaca que toma a sua vaga no estacionamento poderia gerar uma sonora gargalhada. Afinal, é uma surpresa engraçada. Mas por que você se irrita com o carro e acha graça da vaca? O que Leonard e Susan nos dizem é que não há nenhuma diferença objetiva entre os cenários: em ambos, você seria obrigado a encontrar outro lugar para estacionar. Então o problema está dentro de você, e não fora. E não importa se você tem razão, ou quem fez o quê, objetivamente o resultado é o mesmo. 'A única coisa que muda é sua reação ao acontecimento. [...] A irritação começa e termina com a gente".

- Liane Alves na Revista Vida Simples - Junho/2016.   


Nenhum comentário:

Postar um comentário