Total de visualizações de página

terça-feira, 12 de abril de 2016

"Consigo sentir a minha mãe dentro de mim, de onde nunca partirá. 
A morte não conseguiu apagá-la; ela é permanente".

Veronica Roth in "Convergente" (p. 194)


Um comentário: