Total de visualizações de página

sábado, 12 de março de 2016

"Mas eu gostava dele, dia mais dia, mais gostava. Diga o senhor: como um feitiço? Isso. Feito coisa-feita. Era ele estar perto de mim, e nada me faltava. Era ele fechar a cara e estar tristonho, e eu perdia meu sossego. Era ele estar longe, e eu só nele pensava. E eu mesmo não entendia, então o que aquilo era?"

- Guimarães Rosa in "Grande sertão: Veredas" 


Nenhum comentário:

Postar um comentário