Total de visualizações de página

quarta-feira, 25 de março de 2015

"Existe, sim, uma forma de leveza e de graça no simples fato de existir, que vai além das ocupações profissionais, além dos sentimentos poderosos ... O sal da vida.
Os finais de semana prolongados, o teatro, o cinema, a leitura, a música, o passeio sem destino, as viagens, a jardinagem, as visitas aos amigos ...
As risadas descontroladas, o papo-furado por horas no telefone, as cartas manuscritas, as refeições em família ...
Folhear álbuns de fotografias, brincar com o gato, dançar, precisar de momentos de silêncio e de solidão, correr debaixo da chuva, longas conversas na penumbra, beijinhos na nuca, trocar piscadelas de cumplicidade ..."

- Françoise Héritier em "O sal da vida - o que faz a vida ... VALER A PENA"


    

Nenhum comentário:

Postar um comentário