Total de visualizações de página

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

"De fato, Deus não está em promoção, se exibindo por aí. Ele escolhe, dentro do mais rigoroso critério, os momentos de aparecer pra gente. Não sendo visível aos olhos, ele dá preferência à sensibilidade como via de acesso a nós.

Deus me aparece nos livros, em parágrafos que não acredito que possam ter sido escritos por um ser mundano: foram escritos por um ser mais que humano.

Deus aparece quando choro. Quando a fragilidade é tanta que parece que não vou conseguir me reerguer.”

- Martha Medeiros


Um comentário:

  1. Olá! Sábia palavras! E quando Deus aparece entre as flores, respiramos os aromas da divindade! abraços

    ResponderExcluir