Total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de maio de 2017

"[...] deveríamos ser lembrados pelas coisas que fazemos. Elas importam mais do que tudo. Mais do que aquilo que dizemos ou do que nossa aparência. As coisas que fazemos sobrevivem a nós. São como os monumentos que as pessoas erguem em honra dos heróis depois que eles morrem. Como as pirâmides que os egípcios construíam para homenagear os faraós. Só que, em vez de pedra, são feitas das lembranças que as pessoas têm de você. Por isso nossos feitos são nossos monumentos. Construídos em memória em vez de pedra". 

- R. J. Palácio em "Extraordinário" 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário