Total de visualizações de página

terça-feira, 9 de abril de 2013


O medo de perder o que se ama faz com que avaliemos melhor muitas coisas. Assim como a doença nos leva a apreciar o que antes achávamos banal e desimportante, diante de uma dor pessoal compreendemos o valor de afetos e interesses que até então pareciam apenas naturais: nós os merecíamos, só isso. Eram parte de nós.

— Lya Luft.


Nenhum comentário:

Postar um comentário